publicidade

Não chegou

Ney Franco não retorna com delegação da Chapecoense 

Técnico que balança no cargo já tinha pedido liberação para resolver assuntos particulares

23/07/2019 - 19h16

Compartilhe

Darci
Por Darci Debona
Chapecoense permanece na zona de rebaixamento após derrota para o São Paulo
Derrota por 4 a 0 para o São Paulo pode custar o cargo do técnico Ney Franco
(Foto: )

O técnico Ney Franco não retornou para Chapecó com a delegação da Chapecoense, que desembarcou por volta das 18h no Aeroporto Serafim Enoss Bertaso. De acordo com informações do clube já havia sido combinado há mais de uma semana a folga do técnico após o jogo contra o São Paulo para resolver assuntos particulares em Campinas.

O fato não teria relação com a derrota por 4 a 0 para o time paulista, na segunda-feira, nem com uma possível demissão. Sua reapresentação está marcada para esta terça-feira à tarde.

Mas há possibilidade de que ele seja desligado. Após a goleada em São Paulo o presidente do clube, Plinio David De Nes Filho disse que seria feita uma avaliação e que é necessário tomar algumas decisões para que o time reaja no campeonato.

O técnico afirmou que tem como fazer o time reagir no campeonato. Na chegada em Chapecó os atletas estavam com as caras bem sérias, demonstrando que a situação é delicada. Nas redes sociais torcedores pedem sua saída. Um dos nomes sugeridos é de Lisca, que no ano passado salvou o Ceará do rebaixamento.

A Chapecoense tem apenas oito pontos em 11 rodadas, sua pior campanha desde que subiu para a Serie A, em 2014. Está na 18ª posição na tabela.

No próximo domingo o time enfrenta o Bahia, às 11h, na Arena Condá.

Deixe seu comentário:

publicidade