nsc
dc

A vida, o que é senão um sonho?

Nos 150 anos de "Alice no País das Maravilhas", entenda a importância da obra

Reportagem especial conversou com especialistas, pesquisadores e com a bisneta da Alice original sobre a relevância da obra ainda hoje

02/07/2015 - 07h17 - Atualizada em: 03/07/2015 - 08h04

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

Há 150 anos, um professor de matemática gago e tímido chamado Charles Dodgson aceitou os conselhos de uma menina curiosa de apenas 10 anos e escreveu uma história que ia contra as historietas infantis com morais da época. O professor ficou conhecido pelo pseudônimo: Lewis Carrol. A menina, Alice Liddell, virou uma das personagens mais conhecidas da literatura mundial ao ir para o País das Maravilhas.

Relembre cinco adaptações de "Alice no País das Maravilhas" para o cinema

No aniversário de 150 anos de Alice no País das Maravilhas, ZH conversou com pesquisadores e estudiosos da obra, além da bisneta da Alice original, para discutir a relevância da obra em 2015, resumida nas palavras de Adriana Peliano, presidente da Sociedade Lewis Carroll do Brasil:

- Alice é um desafio.

Acesse a reportagem especial sobre os 150 anos de Alice no País das Maravilhas:

Clique aqui

Colunistas