nsc
dc

Saudades

Nostálgico nome

Qualidade de vida e sustentabilidade são reflexo de um povo trabalhador e comprometido

27/07/2013 - 07h33

Compartilhe

Por Redação NSC
É comum ao saudadense abrir as portas de sua residência para as pessoas que vêm a trabalho ou visita.
É comum ao saudadense abrir as portas de sua residência para as pessoas que vêm a trabalho ou visita.
(Foto: )

Saudades, nostálgico nome que transborda aconchego, sentimento, bem querer aos que vêm e ficam e aos que vão e voltam. Sim! Todos que podem um dia retornam para matar a grande saudade.

Sua gente é de origem alemã, hospitaleira, comprometida, ordeira e muito família. É comum ao saudadense abrir as portas de sua residência para as pessoas que vêm a trabalho ou visita.

Trabalho e comprometimento são lembrados no início do dia, quando as ruas perdem sua monotonia pelos passos certeiros e rápidos que rasgam o silêncio. São mulheres e homens de boa vontade que sobem e descem morros, ladeiras, fazem curvas, retas e cruzam piques para não se atrasarem no trabalho.

Existe algo forte que se tornou cultura dando sustentabilidade e qualidade de vida aos filhos desta terra: o esporte. A cidade destaca-se em inúmeras modalidades e é referência no vôlei, futsal, futebol, handebol, bolão, bocha e patinação.

Não se pode ignorar a qualidade dos produtos do campo e da indústria, o zelo que origina o selo de qualidade. A energia que dá luz e a que conduz à conquista de títulos, troféus e medalhas. A fé que acende a esperança, transforma o velho, constrói o novo, resgata e atribui valores a quem planta e colhe, cria e recria, escreve e lê, produz, fabrica, vende e administra, ensina e educa, cuida e protege cada cidadão saudadense.

Esse é o Vale da Hospitalidade! Então, volte sem demora.

Daniel Kothe

Prefeito

SAIBA MAIS

Município com povo hospitaleiro, trabalhador e empreendedor sempre.

audades, nostálgico nome que transborda aconchego, sentimento, bem querer aos que vêm e ficam e aos que vão e voltam. Sim! Todos que podem um dia retornam para matar a grande saudade.

Sua gente é de origem alemã, hospitaleira, comprometida, ordeira e muito família. É comum ao saudadense abrir as portas de sua residência para as pessoas que vêm a trabalho ou visita.

Trabalho e comprometimento são lembrados no início do dia, quando as ruas perdem sua monotonia pelos passos certeiros e rápidos que rasgam o silêncio. São mulheres e homens de boa vontade que sobem e descem morros, ladeiras, fazem curvas, retas e cruzam piques para não se atrasarem no trabalho.

Existe algo forte que se tornou cultura dando sustentabilidade e qualidade de vida aos filhos desta terra: o esporte. A cidade destaca-se em inúmeras modalidades e é referência no vôlei, futsal, futebol, handebol, bolão, bocha e patinação.

Não se pode ignorar a qualidade dos produtos do campo e da indústria, o zelo que origina o selo de qualidade. A energia que dá luz e a que conduz à conquista de títulos, troféus e medalhas. A fé que acende a esperança, transforma o velho, constrói o novo, resgata e atribui valores a quem planta e colhe, cria e recria, escreve e lê, produz, fabrica, vende e administra, ensina e educa, cuida e protege cada cidadão saudadense.

Esse é o Vale da Hospitalidade! Então, volte sem demora.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Cotidiano

Colunistas