nsc
dc

Sigilo

Novo plano de recuperação da Busscar ja está protocolado, mas conteúdo é mantido em suspense

Plano só será disponibilizado após despacho do juiz Rogério Manke

20/06/2014 - 15h24

Compartilhe

Por Redação NSC
Após 14 meses da decretação de falência, Busscar conseguiu anulação de decisão no Tribunal de Justiça
Após 14 meses da decretação de falência, Busscar conseguiu anulação de decisão no Tribunal de Justiça
(Foto: )

O novo plano de recuperação judicial da Busscar foi protocolado no cartório da 5ª Vara Cível na última segunda-feira, dias antes do prazo, encerrado nesta sexta-feira. Um dos advogados da empresa, Cesar Rodrigo Nunes, explicou que a equipe preferiu evitar o feriadão e faz suspense sobre o teor do documento para não gerar mal-estar entre os credores.

O plano só será disponibilizado após despacho do juiz Rogério Manke. Ele aguarda o retorno do processo que está no Ministério Público, e nesse momento, vai decidir se pedirá ou não manifestação do MP.

De acordo com o advogado Cesar Nunes, os credores terão 30 dias para se manifestar sobre o plano. Após esse período, o juiz marcará nova data para assembleia que deliberação dos credores.

As movimentações recentes fazem parte da reviravolta no destino da montadora. Após 14 meses da decretação de falência, o grupo Busscar conseguiu no Tribual de Justiça de Santa Catarina a anulação de decisão. Isto ocorreu no dia 27 de novembro do ano passado.

Já no último dia 10, como parte do desdobramento do caso, foi eleito em assembleia o novo gestor judicial da companhia, Agenor Daufenbach Júnior.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Economia

Colunistas