nsc

publicidade

Doença

Número de casos de sarampo sobe para 19 em Santa Catarina, aponta Dive

Últimas duas ocorrências foram registradas em Florianópolis, segundo a Vigilância Epidemiológica

10/09/2019 - 17h49 - Atualizada em: 10/09/2019 - 18h04

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Todos os casos registrados no Estado são considerados como importados
Todos os casos registrados no Estado são considerados como importados

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC) confirmou nesta terça-feira (10) mais dois casos de sarampo no Estado. Com isso, o número de pessoas que foram infectadas pelo vírus que transmite a doença chega 19 neste ano. Apesar do aumento, não há registro de mortes causadas pelo vírus.

Os dois novos pacientes com a doença são um menino de cinco anos e uma mulher de 24. Ambos vivem em Florianópolis e tiveram contato recente com um morador de São Paulo, Estado onde há epidemia de sarampo.

Para a Dive/SC, todos os 19 casos registrados até agora são considerados importados, incluindo os de Florianópolis, que foram adquiridos dentro do Estado. Isso porque as pessoas que tiveram sarampo precisaram ter contato com alguém de fora de Santa Catarina para serem infectadas.

Além dos casos já confirmados, a Dive/SC ainda está fazendo exames para confirmar ou descartar a contaminação por sarampo em outras 16 pessoas.

Florianópolis tem mais casos

Até a última semana, Florianópolis era a cidade com mais casos confirmados de sarampo, com 12 ao todo, incluídas os dois novos pacientes. Em Barra Velha, outras duas pessoas também tiveram a doença. Nas cidades de Guaramirim e Balneário Camboriú houve um registro em cada. Os outros três casos foram de tripulantes de um navio que atracou na costa catarinense em fevereiro.

Leia mais:

Vacinadores: responsáveis pelo bem mais valioso de muitas mães

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

publicidade