nsc

Tráfego aéreo menor

Número de voos para o verão cai 2% no Aeroporto Hercílio Luz, segundo Floripa Airport

CEO da concessionária diz que turismo de SC precisa ter mais investimentos e ser mais "agressivo"

12/12/2019 - 14h12

Compartilhe

Por Redação CBN Diário
Novo terminal de passageiros do Aeroporto Hercílio Luz foi aberto em outubro deste ano
Novo terminal de passageiros do Aeroporto Hercílio Luz foi aberto em outubro deste ano
(Foto: )

Apesar do recém-inaugurado terminal de passageiros para receber os turistas que virão a Florianópolis, a expectativa para a alta temporada é de que tenhamos 2% a menos de voos para o Aeroporto Internacional Hercílio Luz. Os dados são repassados pela Floripa Airport, concessionária que administra a estrutura, em comparação com o mesmo período no verão passado. Uma das razões é o fim das operações da Avianca.

– Outro motivo é a quantidade de aviões disponibilizados pelas companhias aéreas nacionais. Há a demanda, pois a taxa de ocupação dos assentos dessas aeronaves é muita alta, mas ficamos preocupados com a queda do número de voos. Esperamos muito que a situação se restabeleça no próximo ano – disse o CEO da Floripa Airport, Tobias Markert, em entrevista ao Notícia na Manhã desta quinta-feira (12).

Um aeroporto melhor equipado se torna uma porta de entrada, mas outras ações são fundamentais para tornar o estado mais atraente para visitantes de todo o mundo. Segundo o diretor-executivo, o desenvolvimento do turismo passa por investimentos para criar um ambiente mais adequado às companhias nacionais ou estrangeiras. Além disso, há fatores que precisam ser melhorados, como o sistema de transporte e um número maior de hotéis internacionais.

A questão geográfica acaba prejudicando Santa Catarina, de certa forma, já que a distância do Nordeste brasileiro para os Estados Unidos e a Europa é bem menor. No que diz respeito aos voos domésticos, o clima do Sul do país chega a ser uma desvantagem. Com "verão o ano inteiro", as empresas aéreas planejam voos com mais facilidade para os mercados nordestinos.

– Sempre digo que talvez precisamos ser mais "agressivos" do que os outros destinos. Nosso ICMS e nosso marketing têm que ser melhores do que os do Nordeste. Estou muito otimista de que podemos fazer isso. Estamos aqui para dar nosso apoio, fazer nossa parte – inclusive, financeiramente – para que tenhamos aqui mais voos nacionais e internacionais – opinou o CEO da concessionária.

Tobias Markert foi nomeado novo CEO da Zurich Airport na América Latina
Tobias Markert foi nomeado novo CEO da Zurich Airport na América Latina
(Foto: )
Deixo o aeroporto construído exatamente como o sonho que tive dois anos atrás –Tobias Markert, CEO da Floripa Airport

Segundo Markert, a empresa suíça foi recebida "de braços abertos" por Santa Catarina, e espera que o novo Aeroporto Hercílio Luz sirva de exemplo para que outros grandes investidores estrangeiros optem pelo estado para sua atuação.

Satisfeito com o conceito de "place to be", com o objetivo de não entediar as pessoas que usufruem o terminal – algo diferente da maior parte dos aeroportos pelo país, que servem apenas como local de passagem para embarque e desembarque, Tobias Markert se despede do comando da Floripa Airport nesta sexta-feira (13). Ricardo Gesse, que era chefe de operações, passa a assumir o cargo, enquanto o suíço começa 2020 como o novo CEO da Zurich Airport na América Latina.

– Penso que não tem nada faltando. Acredito que deixo o aeroporto de Florianópolis construído exatamente como o sonho que eu tive dois anos atrás, quando começamos aqui. Deixamos algo que, em minha humilde opinião, é mais do que um aeroporto – declarou Tobias Markert.

Por enquanto, ainda está em estudos a melhor forma para utilizar a estrutura que servia para receber o antigo aeroporto, que pertence também à concessionária - controladora das operações no local pelos próximos 28 anos.

Ouça a entrevista de Tobias Markert com Mário Motta para o Notícia na Manhã:

​Leia as últimas notícias no NSC Total

Colunistas