nsc
an

Aniversário

O bailarino Erick deixou a vida em São Paulo para estudar em Joinville e hoje mora na Rússia

Ele entrou para o Bolshoi aos 11 anos e hoje coleciona conquistas na carreira profissional

15/03/2013 - 08h11 - Atualizada em: 15/03/2013 - 16h53

Compartilhe

Por Redação NSC
"Me emociono ao falar da 'minha' escola. Sou a prova de que tudo que é feito com dedicação dá certo"
"Me emociono ao falar da 'minha' escola. Sou a prova de que tudo que é feito com dedicação dá certo"
(Foto: )

O paulistano Erick Swolkin iniciou sua carreira na Escola do Teatro Bolshoi no Brasil um ano após a inauguração da sede no Brasil em 2001, aos 11 anos. Hoje, aos 23, o bailarino faz parte da companhia do Teatro Bolshoi na Rússia. O salto na carreira o fez mudar de continente e demandou toda disciplina e excelência para fazer parte de um grupo tão exigente.

Adaptar-se a um novo mundo exigiu de Erick doses generosas de persistência e coragem. Um dos primeiros desafios foi o idioma.

- É o que torna a vivência muito mais difícil no início.

Sem falar na saudade dos familiares brasileiros e o frio. A palavra que mais define a passagem de Erick pela Escola Bolshoi no Brasil é aprendizado. Conforme o bailarino, a Escola Bolshoi possui a mesma ideologia e disciplina da escola coreográfica russa. Para alcançar um palco tão distante e consolidar sua carreira, Erick contou com a técnica sempre presente nos ensaios e nas aulas.

- A escola no Brasil também moldou meu caráter. Ela não forma apenas artistas, mas cidadãos.

Os planos para o futuro são claros: manter a carreira como bailarino, escola que lhe proporcionou dez anos de profissionalização _ foram oito anos como aluno no Brasil e dois como profissional na Rússia.

- Me emociono ao falar da 'minha' escola. Sou a prova de que tudo que é feito com dedicação dá certo.

Conheça a história de outros bailarinos que já passaram pelo Bolshoi e brilham nos maiores palcos do mundo

Cosme Gregory

Denis Vieira

Bruna Gaglianone

Fellipe Camarotto

Jovani Furlan

Márcio Vinícius Silveira

Stephanine Ricciardi

Colunistas