nsc
dc

Henrique Bilbao 

O que é e onde está a Inteligência Artificial? 

Empresas implementam o recurso para aumentar a produtividade e a receita, diminuir custos e fazer análises de necessidades até então desconhecidas

29/04/2019 - 04h35 - Atualizada em: 22/05/2019 - 09h34

Compartilhe

Por Tech SC
(Foto: )
Henrique
(Foto: )

Falar de Inteligência Artificial é como falar de internet: ninguém sabe definir exatamente o que é ou onde está, é algo intangível e maior do que nosso alcance exemplificativo. Mas é possível explicar como funciona e entender o que está acontecendo fracionando esta tecnologia em algumas partes.

A I.A. pode ser utilizada em diversas aplicações, como análise linguística, onde é possível detectar emoção (raiva, nojo, medo, alegria, tristeza), propensões sociais (extroversão, amabilidade, amplitude emocional) e estilos de linguagem (analítico, confiante, hesitante) a partir da análise do texto de uma conversa. Com reconhecimento de imagens é possível encontrar significado em conteúdo visual e identificar cenas, objetos, faces e outros conteúdos. Numa aplicação de análise de comportamento, são identificadas características psicológicas que determinam as decisões de compra para melhorar as taxas de conversão. Inclui também outras tecnologias como predição de dados, traduções em tempo real, conversão de voz para texto e texto para voz, análise de documentos em grande quantidade, entre centenas de outras.

Tech SC: fique por dentro do universo da tecnologia em Santa Catarina

Um exemplo popular do uso da Inteligência Artificial é nos assistentes virtuais, que estão ganhando uma posição de destaque em diversas empresas. Com eles existe um alcance do conhecimento organizacional em escala, além da possibilidade do suporte ao cliente ser feita com conceito omni-channel (um único canal recebendo de vários outros). Podemos citar ainda a velocidade de respostas e as arquiteturas que se integram com back-ends empresariais, cumprindo com regulações de privacidade e segurança dos dados. Mas o que eu acredito que seja o real benefício para as empresas ao usarem chatbots, por exemplo, é que eles fornecem uma escala quase infinita para processar informações, mostram padrões em engajamentos de consumidores para melhorar a comunicação futura e estão, literalmente, nas mãos das novas gerações: millennials e centennials.

São publicadas milhares de matérias diariamente com casos de sucesso envolvendo Inteligência Artificial. As empresas implementam este recurso para aumentar sua produtividade, aumentar receita, diminuir custos e até para fazer análises de necessidades que não se conheciam até a implantação da tecnologia. Também é conhecido que os clientes mudaram seu comportamento nos últimos anos e estão em constante mudança, tanto no processo de compras e na utilização do produto, quanto no compromisso com o fornecedor. A I.A. pode ser uma forte aliada no aprimoramento do engajamento dos clientes, buscando mais foco na jornada e na velocidade do atendimento.

Em resumo, sabe-se, através de estudos do instituto Gartner, que 30% do crescimento da renda de empresas envolverá algum tipo de solução de I.A. até 2021 e que 85% da relação entre empresas e consumidores será através de I.A. até 2020.

*Henrique Bilbao é diretor comercial da Ezok.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Economia

Colunistas