nsc
    dc

    Planetários, uni-vos!

    O que esperar do primeiro dia de Planeta Atlântida

    Só no primeiro dia de festival, serão 22 shows, que, com as 21 apresentações de sábado, somam mais de 24 horas de música e diversão

    28/01/2016 - 12h46 - Atualizada em: 29/01/2016 - 04h55

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    Valesca Popozuda é uma das atrações do Palco Planeta
    Valesca Popozuda é uma das atrações do Palco Planeta
    (Foto: )

    Dançar sem parar

    De uma coisa o planetário pode ter certeza: quem gosta de dançar vai sair do primeiro dia do festival exausto.

    O que não falta são atrações que fazem de tudo para a plateia sair do chão. No Palco Planeta, a noite de sexta-feira termina com a seguinte sequência: Thiaguinho, às 0h10min, que promete agitar em Caraca, Muleke!; Wesley Safadão, fenômeno de popularidade da música brasileira em 2015, a partir da 1h40min; e o festerê do Baile do Dennis, às 3h10min, para fechar a noite com shows de Valesca Popozuda e MC Guimê. Ou seja: sambando, arrochando ou descendo até o chão, os planetários vão rebolar nesta sexta.

    ZH terá cobertura ao vivo do Planeta Atlântida 2016

    Superbanda celebra 20 anos de festa

    O Planeta Atlântida tem muita história. Já são 20 anos de festival, por onde já passaram mais de 2 milhões de planetários e 1,2 mil atrações. Depois de duas décadas, é quase um dever do festival celebrar essa trajetória. Por isso, o Palco Planeta vai reunir, a partir das 17h50min de sexta-feira, alguns dos nomes mais importantes do pop rock gaúcho para cantar músicas que marcaram o período. Estão escalados Rafael Malenotti (Acústicos & Valvulados); Carlinhos Carneiro, Rodrigo Pilla, Sá e Vivi (Bidê ou Balde); Beto Bruno e Marcelo Gross (da Cachorro Grande, na foto); Mano Changes, Fredi Chernobyl, Nando Endres e Erick Endres (Comunidade Nin-Jitsu); Serginho Moah, Léo Henkin, Zé Natalio e Fernando Pezão (Papas da Língua); Thedy Correa (Nenhum de Nós); o criador do tema do Planeta Atlântida, Juliano Cortuah (Harmadilha); e a banda Império da Lã.

    Ingressos do Planeta Atlântida serão vendidos até sexta-feira

    Nomes históricos (e um tributo)

    Alguns dos nomes clássicos das últimas décadas da música brasileira estarão presentes neste primeiro dia de Planeta. Banda símbolo do boom do reggae nacional nos anos 1990, o Natiruts sobe ao palco principal do festival às 21h para cantar sucessos como Liberdade para Dentro da Cabeça, Presente de um Beija-Flor e Natiruts Reggae Power. No Palco Atlântida, o pop tem vários representantes, como o Papas da Língua, banda que marcou época com De Blusinha Branca, No Calor da Hora e Eu Sei. Outra banda gaúcha que vai fazer a galera relembrar bons momentos é a Fresno, um dos pilares da explosão emo dos anos 2000, com hits como Polo, Onde Está? e Alguém que Te Faz Sorrir. Às 2h, no Palco Meca, os Racionais MC¿s fazem um resgate histórico do rap nacional – eles são donos de sucessos como Negro Drama, Homem na Estrada e Vida Loka Parte 2. Por fim, vale celebrar a carreira do hitmaker Tim Maia junto com o Tributo ao Tim Maia, que toca no Palco Club688 à 1h.

    Confira como chegar na Saba, local do Planeta Atlântida

    Revelações (e uma reunião familiar)

    Se é possível passar boas horas relembrando músicas históricas do cancioneiro nacional no Planeta Atlântida, também dá para curtir um dia inteiro com bandas novas – e muito boas! Principalmente nos palcos Atlântida e Meca, nomes da nova geração vão apresentar seu trabalho para os planetários. Às 17h45min de sexta-feira, no Palco Atlântida, o jovem Vitor Kley toca pop de verão ainda com sol a pino. Depois dele, a banda Seu Cuca continua mais ou menos no mesmo clima, às 20h30min, seguida dos guris da Supercombo, que, apesar de já terem quase 10 anos de estrada, ganharam fama no reality show Superstar, em 2015. No Palco Meca, a diversidade é a tônica: a Banda Tereza apresenta seu indie rock festeiro às 23h, enquanto a rapper Flora Matos faz a festa a partir das 0h30min. Além de tudo isso, a família Endres promete um tributo a Jimi Hendrix às 21h30min, no show da Endres Experience – fazem parte da banda o baixista Nando Endres, o guitarrista Fredi Chernobyl Endres e seu filho, o também guitarrista Erick Endres, todos membros da Comunidade Nin-Jitsu.

    O que não se pode levar ao Planeta

    E sábado tem mais!

    O Planeta Atlântida reserva mais um montão de atrações para sábado. Os planetários vão poder curtir o show internacional do rapper Wiz Khalifa, os hits do clássico Lulu Santos, a parceria empolgante de ConeCrewDiretoria, Anitta e Flora Matos e o sertanejo de Luan Santana. No Palco Atlântida, nomes como Comunidade Nin-Jitsu, Tequila Baby e Raimundos vão fazer a galera bater cabeça, enquanto o Palco Meca tem o show gringo de Donavon Frankenreiter e o Palco Club688 traz o pagode do Se Ativa para fechar o festival em grande estilo. Ou seja, é bom agitar, mas, chegando em casa, descansar bastante, porque amanhã tem muito mais.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Economia

    Colunistas