nsc
    santa

    Segurança

    Oito dicas para comprar e vender pela internet de forma segura

    Comandante da Polícia Militar de Blumenau, Jefferson Schmidt, elencou oito cuidados a serem tomados

    18/07/2019 - 15h14 - Atualizada em: 18/07/2019 - 17h31

    Compartilhe

    Redação
    Por Redação Santa
    Polícia Militar elenca recomendações de segurança para compra e venda de mercadorias pelas redes sociais
    Polícia Militar elenca recomendações de segurança para compra e venda de mercadorias pelas redes sociais
    (Foto: )

    Se tornou rotina a compra e venda de mercadorias pelas redes sociais. Apesar da praticidade da negociação de preço e de entrega, é preciso alguns cuidados. A segurança física de quem está envolvido na negociação é um deles.

    A preocupação ganhou força após um jovem cair em uma emboscada. Ele anunciou um jogo de rodas pelo Facebook e logo surgiu um interessado. Os dois combinaram a entrega da mercadoria, mas quando a vítima chegou ao local foi rendido por três homens encapuzados.

    A reportagem do Santa conversou com o comandante da Polícia Militar de Blumenau, Jefferson Schmidt, que elencou oito dicas para maior segurança em casos como esses:

    1- Estabelecer previamente as condições de compra/venda/troca. Prefira o uso de transação bancária, evitando assim de carregar consigo quantias de dinheiro no momento da negociação.

    2- Escolha locais públicos e movimentados para fazer a negociação final. Caso isto possa prejudicar o sua negociação, escolha um local calmo, mas monitorado por câmeras de vídeo. Certifique-se antes se elas estão funcionando.

    3- Evite, ao máximo, escolher sua residência como ponto de encontro, salvo se o objeto do negócio não permita isto.

    4- Sempre avise alguém sobre a situação na qual você irá desenvolver com um terceiro desconhecido, se possível faça acompanhado.

    5- Não aceite propostas muito vantajosas, podem ser "iscas" para ludibriar sua atenção.

    6- Desconfie se algo que fora anteriormente acordado for mudado repentinamente, sem seu prévio conhecimento.

    7- Tenha conhecimento do Estatuto do Consumidor. Pode ser útil em determinadas negociações.

    8- Certifique-se da procedência do objeto alvo da negociação, se possível peça comprovação de propriedade.

    Leia também: Imigrante é esfaqueado enquanto caminhava na Itoupava Central

    Ainda não é assinante? Faça sua assinatura do NSC Total para ter acesso ilimitado do portal, ler as edições digitais dos jornais e aproveitar os descontos do Clube NSC.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas