nsc
dc

É mata-mata

Oito melhores seleções se preparam para as quartas de final da Copa da Rússia

Nova fase eliminatória inicia sexta-feira com Uruguai x França e Brasil x Bélgica

03/07/2018 - 21h11

Compartilhe

Por Redação NSC
A Inglaterra de Harry Kane enfrenta a Suécia nas quartas de final
A Inglaterra de Harry Kane enfrenta a Suécia nas quartas de final
(Foto: )

A classificação da Inglaterra para as quartas de final da Copa do Mundo definiu o último confronto da próxima fase decisiva do Mundial da Rússia. Os ingleses vão encarar a Suécia, que despachou a Suíça na última terça-feira. O confronto entre as duas seleções será no próximo sábado, às 11h, em Samara.

As quartas de final da Copa do Mundo inicia um dia antes, na próxima sexta-feira com dois confrontos. Confira quem são os oitos melhores, suas campanhas e como vem para os confrontos do fim de semana.

França x Uruguai

A França chega para as quartas de final com uma campanha de encher os olhos. A vitória sobre a Argentina por 4 a 3 confirmou a força dos Les Blues com show do atacante Mbappé. Nos jogos da primeira fase, primeira colocação garantida com tranquilidade diante da Austrália (2 a 1), Peru (1 a 0) e Dinamarca (0 a 0). Para encarar o Uruguai, o técnico Didier Deschamps não poderá contar com o volante Matuidi, suspenso pelo segundo amarelo, mas terá Griezmann, que vem sendo poupado dos treinos, mas é presença garantida.

O Uruguai vem empolgado para o confronto. Para chegar neste confronto, a Celeste aplicou quatro vitórias sobre os seus adversários e, junto com a Bélgica, é a seleção 100% nesta Copa. Na primeira fase, derrotou o Egito (1 a 0), Arábia Saudita (1 a 0) e Rússia (3 a 0). Nas oitavas, venceu Portugal por 2 a 1, com dois gols de Cavani. E por falar do atacante, é a única dúvida para a partida contra a França. O jogador do PSG não vem treinando com os companheiros e dificilmente vai ter condições. A aposta fica por conta da qualidade de Suárez e a segurança da defesa formada por Gimenez e Godín.

A França, de Mbappé, e o Uruguai, de Suárez, abrem as quartas de final
A França, de Mbappé, e o Uruguai, de Suárez, abrem as quartas de final
(Foto: )

Brasil x Bélgica

Favorito ao título do Mundial, o Brasil chega para o confronto contra a Bélgica em grande fase. Apesar do início ruim, empate de 1 a 1 com a Suíça, a Seleção Brasileira desencantou diante da Costa Rica (2 a 0) e teve grandes atuações nos últimos jogos, 2 a 0 contra a Sérvia e 2 a 0 diante do México. O crescimento do time vem junto com o crescimento de Neymar. O craque brasileiro recuperou a confiança e bem fazendo grandes jogos com o Brasil. Para o confronto, Tite não terá Casemiro, suspenso pelo segundo amarelo. Fernandinho entra no meio-campo. Tite também promoverá o retorno de Marcelo, que trabalhou normalmente nesta terça-feira e deve voltar ao time.

Neymar será o destaque brasileiro diante da Bélgica
Neymar será o destaque brasileiro diante da Bélgica
(Foto: )

A Bélgica vem com respeito para enfrentar o Brasil. Os jogadores consideram a partida um sonho e sabem da dificuldade de encarar os brasileiros. Os europeus estão com 100% de aproveitamento (3 a 0 no Panamá, 5 a 2 na Tunísia e 1 a 0 na Inglaterra), mas sofreram para passar do Japão nas quartas de final (3 a 2, de virada, com gol aos 45 do segundo tempo). Os belgas começam a se preparar para a partida nesta quarta-feira e tem Hazard e Lukaku como as principais armas para surpreender o Brasil.

Croácia x Rússia

O susto diante da Dinamarca (vitória por 3 a 2 nos pênaltis depois do empate de 1 a 1 no tempo normal) não estava nos planos da Croácia. O resultado sofrido acabou desgastando o time europeu, mas não afastou o time do Modric do objetivo, que é fazer história na Copa da Rússia. Ele e Rakitic são as estrelas do time e estão confirmados na partida. A Croácia venceu os três jogos da primeira fase (2 a 0 na Nigéria, 3 a 0 na Argentina e 2 a 1 na Islândia).

Já as donas da casa vivem um sonho. Classificar a seleção para as quarta de final da Copa em casa era o desejo de todo jogador russo. E eles querem mais. Depois de eliminar a campeã Espanha (4 a 3 nos pênaltis depois do 1 a 1 no tempo normal), a Rússia agora foca em chegar à semifinal. E isso será possível com muito trabalho. É o que o goleiro Akinfeev pede para seus companheiros. “Temos de escrever nova história. Agora é treino e treino para passar pela Croácia”. A Rússia classificou em segundo do seu grupo (5 a 0 na Arábia Saudita, 3 a 1 no Egito e derrota de 1 a 0 para o Uruguai).

Suécia x Inglaterra

Quem também faz história é a Suécia. A vitória de 1 a 0 sobre a Suíça, pelas oitavas de final, confirmou o time sueco na próxima fase, coisa que não acontecia desde o Mundial de 1994. O destaque foi o camisa 10 Forsberg, autor do gol da classificação. A Suécia deve se reapresentar nesta quarta-feira para iniciar a preparação para encarar a Inglaterra. O time europeu estava no grupo da Alemanha na primeira fase e conseguiu se classificar em primeiro (2 a 0 na Coreia do Sul, derrota de 2 a 1 para os germânicos e 3 a 0 no México).

A adversária será a Inglaterra, que teve trabalho para eliminar a Colômbia nas oitavas de final. Com a vitória de 4 a 3 nos pênaltis depois do 1 a 1 no tempo normal, desgastou o English Team, que terá pouco tempo de recuperação antes do confronto com a Suécia. Harry Kane, artilheiro da Copa com seis gols, é uma das apostas do time. Vale lembrar que os ingleses tiveram uma primeira fase tranquila (2 a 1 na Tunísia, 6 a 1 no Panamá e derrota de 1 a 0 para a Bélgica).

(Foto: )

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Esportes

Colunistas