nsc

publicidade

Em Santa Catarina

Operação de combate ao tráfico perto de escolas tem 17 prisões e apreensão de 500 gramas de maconha

13/11/2018 - 10h33 - Atualizada em: 13/11/2018 - 11h48

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

Policiais civis de todo o Brasil deflagraram a Operação Anjos da Lei, nesta terça-feira, 13, com o objetivo de combater o tráfico de drogas no entorno de escolas. Em Santa Catarina, a ação contou com 154 policias e culminou com 17 prisões e a apreensão de 500 gramas de maconha, 750 pedras de crack e outras 162 gramas de crack em diversas regiões do Estado.

A operação aconteceu em 50 municípios catarinenses atendidos por 30 Delegacias Regionais de Polícia. Até o momento, foram cumpridos oito mandados de prisão e feitas mais seis prisões em flagrante, detenção de dois menores de idade e a captura de um foragido. Além disso, foram apreendidos seis revólveres e uma espingarda.

O delegado-geral adjunto da Polícia Civil de Santa Catarina, Luiz Ângelo Moreira, concedeu entrevista coletiva na manhã desta terça-feira, na sede da corporação, em Florianópolis, e comentou o balanço parcial da operação, particularmente sobre a baixa quantidade de drogas apreendidas.

— Não tem como a gente mensurar o êxito. É igual o leão que sai para caçar uma gazela na pradaria, mas de repente a gazela corre mais. Na próxima vamos estar em cima, o leão não vai parar de caçar — disse Moreira.

De acordo com o delegado, o combate ao tráfico de drogas é uma "cruzada de toda a sociedade", já que o consumo de substâncias ilícitas é, em suas palavras, "um problema social e de saúde pública". Com a operação direcionada à população jovem, o delegado enfatizou que o trabalho foi no entorno e não dentro das escolas.

— Não podemos confundir prevenção ao tráfico no entorno com tráfico dentro da escola. Estamos trabalhando no entorno, no raio de até 300 metros, que é o que a Justiça entende como proximidade. Combater e enfraquecer o tráfico, esse foi o objetivo principal da operação de hoje — afirma Luiz Ângelo Moreira.

Leia mais notícias da Grande Florianópolis

Deixe seu comentário:

publicidade