nsc
    santa

    CAPITAL, RIO DO SUL E AURORA

    Operação que apura fraudes em lista de espera do SUS cumpre mandados em Florianópolis e no Alto Vale

    Gabinete de deputado estadual foi alvo dos agentes na manhã desta terça-feira (30)

    30/06/2020 - 12h21 - Atualizada em: 30/06/2020 - 12h25

    Compartilhe

    Augusto
    Por Augusto Ittner
    Ao todo, 27 mandados de busca e apreensão foram cumpridos em SC e PR.
    Ao todo, 27 mandados de busca e apreensão foram cumpridos em SC e PR.
    (Foto: )

    O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) cumpriu na manhã desta terça-feira (30) mandados de busca e apreensão no Alto Vale do Itajaí e em Florianópolis. Na Capital, o gabinete do deputado estadual Milton Hobus (PSD) foi alvo do trabalho dos agentes. O Santa apurou que outras ações ocorreram no Hospital Regional do Alto Vale, na prefeitura de Rio do Sul, e em clínicas médicas na cidade.

    > Quer receber notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do Santa

    Ao todo, foram cumpridos 27 mandados de busca e apreensão em três cidades catarinenses (Rio do Sul, Florianópolis e Aurora) e em Curitiba (PR). Segundo a assessoria do Ministério Público (MPSC), tratam-se de desdobramentos de uma investigação da Procuradoria Regional Eleitoral que apura supostas fraudes da lista de espera por procedimentos no SUS e supostos crimes eleitorais cometidos durante as eleições de 2018. “Entre os alvos estão servidores públicos e agentes políticos”, diz a nota do MPSC.

    Outros detalhes sobre a operação não foram confirmados para não atrapalhar as investigações, que seguem em andamento.

    Em nota, o deputado estadual Milton Hobus confirmou que os agentes do Gaeco estiveram no gabinete dele na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), porém disse não saber do que se tratava a operação. O parlamentar afirmou que foi “surpreendido” e que “assim que tiver acesso aos autos, prestará todas as informações para que os fatos sejam esclarecidos”.

    Confira a nota do deputado Milton Hobus (PSD)

    Veja, na íntegra, o que disse o parlamentar:

    "O deputado Milton Hobus foi surpreendido na manhã de hoje com uma operação do Gaeco em seu gabinete na Assembleia Legislativa. Até o presente momento o parlamentar não foi informado sobre os motivos da investigação, apenas de que trata-se de uma questão eleitoral. Assim que tiver acesso aos autos, prestará todas as informações para que os fatos sejam completamente esclarecidos. Na certeza de que as investigações mostrarão a verdade, o deputado reafirma seu respeito às instituições e a sua permanente disposição de colaborar com as autoridades".

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Política

    Colunistas