nsc
    dc

    CUIDADOS COM A PELE 

    Os cremes que vão manter sua pele hidratada no inverno

    Além de hidratantes como a glicerina, os produtos RéVive incluem ácido láctico e glicólico, que ajudam a tirar a pele morta que pode se acumular no inverno, e niacinamida, para ajudar a regularizar o tom da pele

    28/02/2020 - 11h11

    Compartilhe

    Por The New York Times
    cremes
    (Foto: )

    *Por Rachel Felder

    O inverno traz a inevitável – e desagradável – pele vermelha com coceira. Geralmente, enfrentamos a situação com um toque de hidratante nas mãos e no rosto, ou um pouco de xampu anticaspa, mas muitos se esquecem da hidratação extra no resto do corpo.

    "As pessoas me dizem que não têm tempo, mas realmente cronometrei o processo uma vez. Leva de 60 a 90 segundos, tempo que todo mundo tem", disse Amy Wechsler, dermatologista em Manhattan.

    Mais do que meras indulgências, os hidratantes corporais são indispensáveis para combater o que Wechsler chama de "problema duplo" – o frio ao ar livre e o calor dentro de casa. Neste inverno, felizmente, há alguns novos, com texturas surpreendentes e, muitas vezes, ingredientes que oferecem mais do que uma simples hidratação.

    Em janeiro, por exemplo, a RéVive, cujos produtos são vendidos na Saks Fifth Avenue e na Nordstrom, introduziu o Supérieur Body Nightly Renewing Sero e o Supérieur Body Renewal Firming Cream. Ambos são formulados para uso no corpo.

    Gregory Bays Brown, fundador da RéVive, explicou que o corpo não está tão equipado para uma auto-hidratação quanto o rosto, porque tem menos glândulas de suor, glândulas sebáceas e folículos capilares, que ajudam na renovação.

    Além de hidratantes como a glicerina, os produtos RéVive incluem ácido láctico e glicólico, que ajudam a tirar a pele morta que pode se acumular no inverno, e niacinamida, para ajudar a regularizar o tom da pele. O sérum tem uma textura leve e leitosa, e alguns clientes podem se perguntar por que precisam usá-lo por baixo do hidratante.

    "É um pouco como preparar a pele para o creme", disse Brown, referindo-se ao primer que pintores aplicam em uma tela antes da pintura. "Se usarem os dois juntos, vão ter o maior benefício."

    Porém o sérum para o corpo, assim como para o rosto, é uma adição opcional. "É realmente apenas uma coisa de 'necessidade'. Se seu hidratante para o corpo não é suficiente, fique à vontade para experimentar uma camada extra", disse Wechsler, que aconselha a Chanel em sua linha de cuidados com a pele.

    O UMA Absolute Anti Aging Body Balm também oferece hidratação intensa; seus ingredientes incluem a manteiga ghee e o óleo de moringa. A textura, semelhante à de uma pomada, é bem adequada para joelhos, cotovelos e calcanhares, que podem ficar particularmente ressecados. Um esfoliante corporal ajuda, e conta com, entre outros ingredientes, açúcar de cana e sal marinho do Himalaia.

    A African Botanics, uma linha da África do Sul, lançou recentemente um par de produtos que também esfoliam e depois hidratam: o Café Noir Body Exfoliant, que leva pó de café, e o Jardin Sauvage Wild Garden Botanical Body Cream, produto agradavelmente espesso feito com manteiga de karité e com cheiro de rosas.

    O Ouai Body Crème, que tem uma consistência pegajosa, contém hidratantes como óleo de coco e esqualeno. Quando foi introduzido há alguns meses, esgotou-se no site da Ouai em uma semana, disse a empresa. A Ouai adicionou recentemente um limpador corporal suave feito com sementes de jojoba hidratantes e óleo de rosa-mosqueta.

    O Renewal Body Oil Balm da La Mer, que foi lançado em janeiro, sai do tubo como gel e se transforma em um óleo no corpo. Alguns podem achar um pouco escorregadio, mas deixa a pele visivelmente maleável. Previsivelmente, o preço da La Mer é alto. Gira em torno de US$ 200, assim como os produtos da RéVive.

    Há opções mais acessíveis que às vezes vêm de fontes improváveis. Wechsler frequentemente aconselha seus pacientes a verificar as prateleiras do supermercado em busca do óleo de açafrão-bastardo, que é semelhante ao ácido linoleico, um ácido graxo da pele, e pode ser aplicado de forma tópica. Uma garrafa de um litro custa cerca de US$ 6 e pode durar vários invernos.

    The New York Times Licensing Group – Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito do The New York Times.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas