nsc
    dc

    Violência

    Padrasto é condenado a 70 anos de prisão por estupro de duas enteadas em Seara, no Oeste

    Meninas sofreram abusos durante 11 anos

    29/08/2019 - 16h13 - Atualizada em: 29/08/2019 - 17h49

    Compartilhe

    Redação
    Por Redação DC
    (Foto: )

    O padrasto de duas meninas foi condenado a 70 anos de prisão por estupro e ameaças contra as enteadas. O fato ocorreu em Seara, no Oeste de Santa Catarina. Segundo denúncia oferecida pelo Ministério Público em 2016, as vítimas foram violentadas durante 11 anos.

    Os abusos, ainda segundo denúncia, iniciaram quando as vítimas eram crianças: elas tinham cinco e sete anos de idade. O acusado tem hoje 40 anos de idade.

    O processo tramita em segredo de justiça. A sentença em primeira instância foi proferida pelo juiz da Vara Única de Seara, Douglas Cristian Fontana. Cabe recurso da decisão.

    Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas