publicidade

Educação
Navegue por

Educação

Pais enfrentam fila em Blumenau para garantir vaga na rede pública estadual

O período de matrículas foi aberto nessa segunda-feira, mas desde sábado já há registro de filas

19/11/2018 - 10h33 - Atualizada em: 19/11/2018 - 12h01

Compartilhe

Redação
Por Redação Santa
(Foto: )

Quem tem filhos em idade escolar em algum momento já se deparou com a cena da foto. São pais enfrentando horas de filas para garantir uma vaga na rede estadual de ensino, em Blumenau.

No Cedup a comunidade começou a chegar no sábado, às 22h30min, e os próprios familiares organizaram um sistema de senha para ser respeitada a ordem de chegada e todos poderem voltar para casa.

Quem pegou a senha só precisou retornar à unidade às 5h desta segunda-feira, quando uma nova fila com as senhas distribuídas anteriormente foi formada. Mesmo assim, teve quem optou por permanecer na escola até sair com a matrícula feita.

É o caso da Helena Mayer, que revezou com a mãe na fila em busca de uma vaga para a Bruna Cristina, que no ano que vem vai entrar no ensino médio. Às 9h30min ela era a próxima a entrar na secretaria para entregar os papéis.

Helena Mayer garantiu a vaga da filha
Helena Mayer garantiu a vaga da filha
(Foto: )

- É difícil, mas é prazeroso por saber que ela vai estudar num lugar bem conceituado - afirmou a mãe.

Segundo o diretor do Cedup, Osvaldo da Silva Sobrinho, 750 vagas estão disponíveis. Dessas, 450 para o ensino médio e 300 para cursos técnicos. Ele garante que ninguém ficará desassistido.

- Vaga tem. O que não conseguimos garantir são o horário e o curso desejado - explica.

A diarista Silvia Pereira perdeu um dia de trabalho para assegurar que o filho de 15 anos faça o curso técnico de informática. Com a senha que dá direito a vaga em mãos, ela sabe que tem até sexta-feira para fazer a matrícula, mas preferiu deixar tudo resolvido.

- O futuro dos filhos da gente vem sempre em primeiro lugar. Esse dia de trabalho aqui eu recupero - defendeu Silvia.

Em outros colégios estaduais da cidade o movimento também foi intenso. Na escola Santos Dumont, na região Sul, chegou a forma fila com aproximadamente 50 pessoas. No colégio Luiz Delfino a procura nessa segunda-feira foi abaixo do esperado. Já no João Widemann as matrículas foram adiantadas na semana passada, então a semana iniciou com pouco movimento.

As matrículas seguem até sexta-feira. Confira abaixo os documentos necessários para apresentação no colégio desejado, que deve ser sempre o mais próximo da casa ou do trabalho do aluno ou responsável.

Certidão de nascimento;

Carteira de identidade;

Atestado de frequência com indicação da etapa/ano em 2018 ou histórico escolar;

Comprovante de residência atualizado (até três meses anteriores a matrícula);

1 foto 3x4;

Carteira de vacinação, para os estudantes do ensino fundamental;

Fotocópia do CPF dos pais ou responsáveis.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação