publicidade

Esportes
Navegue por

Opinião

Paixão Alvinegra: agora a competição é nacional

Colunista Ivens Abreu opina diariamente sobre os assuntos do Furacão do Estreito                

12/02/2019 - 06h35

Compartilhe

Ivens
Por Ivens Abreu
Murilo Flores
Murilo Flores, responsável pelo planejamento
(Foto: )

Todos sabem que, trazendo um bom resultado amanhã pela Copa do Brasil, o Figueira traz também uma boa grana. Ontem, no Scarpelli, em uma conversa amistosa com o responsável pelo planejamento, Murilo Flores, falei que amanhã poderemos trazer na bagagem R$ 600 mil e ele me respondeu rapidamente: “quero os R$ 1.500”, já projetando a próxima fase. Falou também que a grana para garantir os salários de fevereiro já está bem encaminhada. Diria Roberto Alves: bom esse cara, hein...

Atento a tudo

Nas vitórias todos têm seus méritos, na derrota todos são culpados. Precisamos dar crédito ao treinador Hemerson Maria que conseguiu unir o grupo e foi das suas substituições contra o Hercílio Luz que aconteceram as jogadas dos gols alvinegros. Ontem seus garotos assistiram no vestiário atentamente aos vídeos dos jogos do Boavista. Nosso adversário de amanhã tem um velho conhecido, Carlos Alberto, que já passou por aqui e hoje está em Saquarema se preparando para essa partida.

Catarinense

Claudinei chama seu time de Chape mista. Contra o Figueirense, no fim de semana, com certeza vai jogar com o que tiver de melhor, porque, senão, a chapa vai esquentar. Com certeza será o jogo mais importante do estadual.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação