nsc

publicidade

Opinião

Paixão Alvinegra: eu ainda acredito

Colunista Ivens Abreu opina diariamente sobre os assuntos do Furacão do Estreito   

09/11/2019 - 00h40

Compartilhe

Ivens
Por Ivens Abreu
paixão alvinegra
Melhoras estão por vir.
(Foto: )

Dois jogos em casa, dois empates. O Figueirense não soube vencer o Coritiba e permanece na zona de rebaixamento. Precisamos, no mínimo, de 42 a 44 pontos para permanecer na segundona do futebol brasileiro e vamos em busca deles.

Foi só uma batalha e temos ainda muitos desafios pela frente. Agora é levantar a cabeça e enfrentar as próximas rodadas. Ainda teremos pela frente Ponte Preta e CRB, fora, Cuiabá e Operário, em casa.

Boa noticia fora de campo

A atual diretoria do Figueirense conseguimos zerar nesta sexta-feira as pendências salariais relativas ao mês de setembro. Foram pagos o saldo da CLT dos atletas profissionais, comissão técnica, atletas da base, comissão técnica da base e uma parte da CLT de outubro para os seis reforços que chegaram. Existe a esperança saldar mais alguma coisa na próxima semana. O grupo de dirigentes terá que lutar muito para cumprir os compromissos até o fim do ano.

Dose para elefante

Sem dúvidas, 2018 e 2019 foram os piores anos para o Figueirense. As vésperas do seu centenário, o clube passa por sua pior crise. As empresa que seria a solução para todos os problemas foi causadora do maior estrago em uma historia que orgulha os catarinenses. Em dois anos, quase tudo foi destruído. Os alvinegros deram as mãos e vão conseguir salvar essa instituição que muitas alegrias já nos deu.

Deixe seu comentário:

publicidade