nsc
    hora_de_sc

    Futebol

    Paixão Alvinegra: ninguém foi melhor que ninguém  

    Colunista Ivens Abreu escreve diariamente sobre os assuntos do Furacão do Estreito  

    03/02/2020 - 08h13

    Compartilhe

    Ivens
    Por Ivens Abreu
    Figueirense perdeu de 2 a 0 para o Avaí
    Figueirense perdeu de 2 a 0 para o Avaí
    (Foto: )

    Não vou chorar pela derrota no Clássico, achei o Figueirense bem no jogo, com intensidade faltando só as finalizações. Nem Sidão nem o goleiro deles foram muito exigidos só que o meu goleiro não pode tomar da intermediaria uma bola forte mais a meia altura e no segundo também acho que ele falou. Na verdade foi um jogo igual, perdemos por falta de experiencia e pela truculência do adversário que não foram contidas pelo arbitro que eu pensava ser bom.

    Destaques alvinegro

    Preciso destacar Lucas, Pereira, Guilherme os três melhores do Figueirense. Rony, Brunetti também estiveram bem. Gugu esta vendo bem o jogo, suas substituições foram corretas e a saída do Guilherme não foi técnica e sim a pedido do garoto que estava estafado.

    O arbitro contribuiu

    O truculento jogador da vizinhança Bruno Silva foi um dos que começou tudo. Depois de fazer provocações com a torcida, claro não daria o direito de invasão. Só que a historia foi diferente o goleiro reserva acertadamente deu uma rasteira e imobilizou o torcedor e mais uma vez Bruno tentando chutar a cabeça do invasor errou e acertou o rosto do seu companheiro goleiro, por tanto não recebeu um soco como dizem.

    Existe outras maneiras de protestar

    Agora a atitude tomada por alguns torcedores em depredar nosso patrimônio chega a ser lamentável. Vi inclusive uma moça raivosa dando chutes e socos no alambrado de vidro. Gente o patrimônio não é culpado por derrotas ou por provocações de adversários. Para substituir o alambrado é caro e a conta vai para quem?

    Só faltou ganhar o clássico

    Esse fim de semana as bilheterias e a secretaria do clube estavam com filas enormes e as camisas sendo vendidas em grande numero. A malharia tem que se lembrar dos gordinhos pois o tamanho GG e extra G não tinha a disposição dos interessados. Claro que logo os gordinhos também poderão vestir suas camisas que num futuro próximo estarão a disposição da rapaziada.

    Raridade nos dias de hoje

    No domingo de clássico onde a maior rivalidade de Santa Catarina se faz presente observei um cidadão adulto com um criança que não tinha mais do que 5 anos. Ele com a camisa do rival nas costas a criança vestida com sua camisa azul e branca. Alertei dizendo Brother não passa ali na frente da sede da Gaviões para não arrumar encrenca e fui ignorado.Ele passou com a criança e não foi molestado, parabéns para os torcedores da gaviões que souberam respeitar a criança mostrando civilidade e educação, mesmo assim acho que o episodio poderia ser evitado. Nas redondezas do Scarpelli o torcedor visitante também circulou entre os alvinegros e não foram molestados, teve até esquenta dos torcedores das duas equipes juntos, belo exemplo.

    Leia também: Figueirense pretende banir torcedores que invadiram gramado no clássico com o Avaí

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas