nsc

publicidade

Opinião

Paixão Alvinegra: um show de horrores no Scarpelli

Colunista Ivens Abreu opina diariamente sobre os assuntos do Furacão do Estreito

07/11/2018 - 04h59

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

Assim como churrasco sem cerveja foi o primeiro tempo do jogo de ontem. O goleiro Vitor foi exigido e se saiu bem. Felipe Amorim colocou uma na trave e foi só.

A segunda etapa não foi diferente. Os 1.327 torcedores sofreram com o show de horrores, algo que já está ficando comum no Scarpelli.

Único destaque

O jovem goleiro Vitor Caetano mostrou segurança e personalidade, algo que estava faltando no gol alvinegro. Fez boas defesas e, ao que tudo indica, deve terminar o ano como titular.

O tempo voa

Precisamos aproveitar cada momento de nossas vidas, o tempo passa muito rápido. No mês que vem já é Natal, depois a virada do ano e estaremos em 2019. Faltam três rodadas para acabar a temporada.

É bom começar a peneira pra ver quem vai ser dispensado, quem queremos e quem quer ficar. Não se pode errar de novo, o projeto 2019 tem que mirar o bicampeonato Catarinense e a volta para a Série A, impreterivelmente.

Cofre vazio

Com uma receita pequena e com as dívidas acumuladas, o ano não acabou e já me preocupo com a próxima temporada. Se não tem condição de segurar nem Ferrareis, tenho dúvidas sobre qualidade do plantel que será montado.

Confira a tabela da Série B do Brasileiro

Leia mais notícias sobre o Figueirense

Acompanhe a coluna Paixão Alvinegra na Hora de Santa Catarina

Secador e curioso? Confira também a coluna do vizinho

Deixe seu comentário:

publicidade