nsc
    nsc

    publicidade

    Opinião

    Paixão Azurra: Betão é identificação e comprometimento

    Colunista Vinícius Bello opina diariamente sobre os assuntos do Leão da Ilha

    11/08/2018 - 04h07

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    (Foto: )

    Apresentado no início de agosto de 2016, Betão chegou com desconfiança. Longe do Brasil desde 2008, com exceção da rápida e negativa passagem pela Ponte Preta em 2013, era visto como um jogador em decadência, para muitos até em final da carreira. Além disso, o momento do Avaí era péssimo: perto da zona de rebaixamento e com Silas balançando no cargo – sendo demitido ainda naquele mesmo mês – a insatisfação do torcedor com tudo no clube era notória.

    Não por coincidência, a situação mudou drasticamente a partir daquele mês. Sem dúvidas, o ingresso de Betão foi um dos principais fatores que levaram o Avaí a uma das suas maiores arrancadas na história, culminando com o vice-campeonato, garantindo o acesso à Série A. Após dois anos no Leão, definitivamente pode-se dizer que sua liderança, determinação, carisma e identificação com o clube e cidade cativaram e cativam a torcida avaiana, que espera seguir vendo o exemplo Betão dentro de campo. Dazumbanho!

    Desfalques certos

    Além de Marquinhos Silva, suspenso, Geninho perde também o atacante Romulo, lesionado, para o jogo da próxima terça. Um terceira baixa, porém, pode ocorrer. O zagueiro Airton não treinou com dores na panturrilha e será reavaliado. Muito preocupante a situação da zaga que, segundo a diretoria, não necessita de reposição. Será que não?

    Confira a tabela da Série B do Brasileiro

    Leia mais colunas da Paixão Azurra

    Fique por dentro de tudo que é notícia sobre o Avaí

    Secador e curioso? Espia a coluna do vizinho também

    Deixe seu comentário:

    publicidade

    publicidade

    publicidade

    publicidade