publicidade

Esportes
Navegue por

Opinião

Paixão Azurra: missão cumprida no Sul do Estado

Colunista Vinícius Bello opina diariamente sobre os assuntos do Leão da Ilha                    

11/02/2019 - 06h40 - Atualizada em: 11/02/2019 - 06h38

Compartilhe

Vinícius
Por Vinícius Bello
(Foto: )

O Avaí foi enfrentar o lanterna Tubarão no Sul do Estado com a missão de conseguir estabilizar os ânimos na Ressacada e vencer a primeira longe de casa no Catarinense. Todavia, vários desfalques poderiam ser percalços, e quase foram de fato. Fizemos um bom primeiro tempo e, quando abrimos 1 a 0, pecamos muito no momento que poderíamos já ter matado o jogo. Visivelmente desesperados com a situação incômoda no campeonato, o adversário errou vários passes no próprio campo oportunizando ao Avaí vantagem mais larga.

Não fizemos o segundo gol e, na segunda etapa, logo no primeiro lance, veio o empate do Tubarão com Liel, em falha grave de marcação pelo alto.

O jogo ficou equilibrado a partir disso, e podíamos até ter tomado a virada. Mesmo assim, quando colocávamos a bola no chão, mostrávamos superioridade técnica. Antes do segundo gol de Amorim houve um pênalti claríssimo não marcado por Cinésio Mendes Júnior, que ainda teve a cara de pau de dar falta de ataque de Getúlio. Já na reta final, dois gols do Leão decretaram a boa vitória. Agora é esquecer o Estadual e focar no importante confronto da Copa do Brasil.

Preocupação

O fato negativo fica por conta da lesão no ombro de Alex Silva, aparentemente grave. Vamos torcer pela boa recuperação do atleta. Daniel Amorim também saiu lesionado.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação