publicidade

Esportes
Navegue por

Opinião

Paixão Azurra: momento é de falar menos e fazer mais

Colunista Vinícius Bello opina diariamente sobre os assuntos do Leão da Ilha

07/12/2018 - 07h55 - Atualizada em: 07/12/2018 - 07h51

Compartilhe

Vinícius
Por Vinícius Bello
Negociação com Ivan, da Ponte Preta, mudou após a divulgação
Negociação com Ivan, da Ponte Preta, mudou após a divulgação
(Foto: )

Nos últimos dias, por próprias declarações do presidente do Avaí, Francisco Battistotti, ficou claro que o clube busca um novo goleiro para 2019 e que, segundo o mesmo, tal nome já estava praticamente acertado. Depois da especulação em torno do nome de Ivan, goleiro da Ponte Preta, rapidamente o clube de Campinas fez questão de frisar o contrato longo e que aceitaria a saída apenas com compensação financeira. O nome da vez, agora, é Simão, goleiro do Operário-PR que se destacou na Série C.

Em entrevista a uma rádio local, o próprio Battistotti não só confirmou o interesse como praticamente anunciou acordo com o atleta, o que gerou enorme repercussão. Ontem apareceu também interesse do Fluminense no goleiro, o que muda completamente a negociação que já parecia estar bem encaminhada. Agora o Operário exige dinheiro, dificultando bastante para o Avaí. Ser discreto nas negociações é fator fundamental para o seu desfecho. É preciso falar menos e fazer mais.

Renovações

Enquanto isso, o Avaí anunciou oficialmente as renovações com Betão, Iury, Matheus Barbosa, Getúlio e André Moritz. Já abordei aqui que considero um erro grave ficar com Moritz, que nada apresentou na Série B e ocupa parte do orçamento. Seguem complicadas as renovações de Judson e Renato, duas prioridades.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação