publicidade

Opinião

Paixão Azurra: o Avaí cava a sua própria cova 

Colunista Vinícius Bello opina diariamente sobre os assuntos do Leão da Ilha   

28/05/2019 - 07h58

Compartilhe

Vinícius
Por Vinícius Bello
(Foto: )

Não adianta lutar. Não adianta sacrifício. É preciso ter qualidade e confiança para conquistar as vitórias na Série A do Campeonato Brasileiro. A constatação é triste: contra o Ceará, a impressão é que jogamos no limite técnico que essa equipe pode alcançar. Um primeiro tempo quase irreparável, em que perdemos oportunidades de abrir boa vantagem. No segundo tempo, o diagnóstico óbvio: qualquer oscilação é fatal para uma equipe que não tem nível para o campeonato que disputa. Infelizmente, não é possível almejar qualquer objetivo dessa forma.

O resultado serve somente como alerta – daqueles que já tivemos várias vezes – de que precisamos contratar urgentemente para ter o mínimo de possibilidade de disputa. Caso a diretoria veja que não conseguiremos buscar esses nomes com urgência, os dirigentes precisarão mesmo conter custos para cair com viabilidade financeira para 2020.

E o nosso campeonato?

O Ceará venceu em casa CSA e Grêmio – justamente quem não vencemos – e agora conquista um triunfo fora. Já o Avaí, fracassou contra os mesmos adversários. Com apenas seis rodadas, está decretado que teremos que lutar muito para chegar no nível daqueles que lutam contra o rebaixamento. Início terrível para o Avaí, que precisa parar de inventar muletas para justificar a péssima campan

Deixe seu comentário:

publicidade