publicidade

Esportes
Navegue por

Opinião

Paixão Azurra: política de ingressos do Avaí não faz sentido

Colunista Vinícius Bello opina diariamente sobre os assuntos do Leão da Ilha    

15/05/2019 - 07h25

Compartilhe

Vinícius
Por Vinícius Bello
(Foto: )

Na absoluta contramão de movimentos de diversos clubes do Brasil, que estão implantando setores populares em seus estádios, o Avaí reajustou os valores dos ingressos para a Série A com considerável aumento. A intenção, sem dúvidas, é aumentar a arrecadação sobre a presença de torcedores visitantes, além de forçar a associação por parte do torcedor do Leão.

Todavia, nada melhor do que a prática para demonstrar alguns números. Conforme levantamento feito pelo amigo Felipe Silva (@avaiemnumeros), ante o CSA, partida importante para o Avaí, vendemos 169 ingressos, o segundo menor número do ano. Apesar do aumento vertiginoso no preço, tivemos a terceira menor arrecadação do ano com bilhetes.

A título de comparação, ano passado na Série B, ante o mesmo adversário, mas em partida em uma sexta-feira às 19h15min, faturamos R$ 15.890 com ingressos a um preço médio de R$ 35,50. Desta vez, com um valor médio de R$ 66,80 arrecadamos R$ 11.290. Há uma demonstração clara de que aumentar o valor não é, necessariamente, aumentar a arrecadação. É preciso observar o que os outros clubes têm feito e obtido sucesso.

Susto

O dia de ontem ficou marcado pelo susto com a parada cardiorrespiratória do atleta de apenas 17 anos, Vitor Flexa. O rápido atendimento foi providencial para a reversão do quadro.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação