nsc

publicidade

Vaticano

Papa Francisco fica preso em elevador e é resgatado por bombeiros

Papa disse que ficou 25 minutos no elevador até ser resgatado

01/09/2019 - 16h18

Compartilhe

Por AFP
(Foto: )

O papa Francisco explicou que se atrasou para a tradicional oração dominical do Angelus porque ficou preso em um elevador do Vaticano e precisou ser resgatado pelos bombeiros.

Depois de mencionar a história de seu "resgate", Francisco fez um anúncio surpreendente sobre a criação de novos postos de cardeais da Igreja, incluindo 10 com possibilidades de sucedê-lo como sumo pontífice.

— Tenho que pedir desculpas por chegar tarde. Fiquei preso em um elevador durante 25 minutos por um corte de energia, mas depois os bombeiros chegaram — disse o sorridente pontífice de 82 anos.

— Um aplauso ao serviço dos bombeiros — pediu, no que foi imediatamente atendido pela multidão.

Francisco chegou sete minutos atrasado, o que provocou inquietações nas emissoras de TV italianas que exibem o Angelus ao vivo. Os canais informaram que era um incidente quase inédito.

O pontífice parece ter energia ilimitada, apesar de sua idade, mas na juventude teve a maior parte de um pulmão extirpado. E as demonstrações de dor que escapam ocasionalmente lembram que a dor ciática é quase crônica.

— Houve um momento de grande preocupação pelo que poderia ter acontecido — afirmou Vania De Luca, vaticanista do canal Rai News.

Deixe seu comentário:

publicidade