nsc
Ouça ao vivo

publicidade

Série A

Para encarar o Inter, Avaí terá base da equipe que enfrentou o Ceará

Lateral-esquerdo Igor Fernandes não foi relacionado para o confronto

16/10/2019 - 20h27

Compartilhe

Janniter
Por Janniter de Cordes
Evando fez a última atividade com o grupo na tarde desta quarta-feira
Evando fez a última atividade com o grupo na tarde desta quarta-feira
(Foto: )

Para alcançar a vitória diante do Internacional, nesta quinta-feira, 19h15min, na Ressacada, e continuar vivo na briga contra o rebaixamento na Série A do Brasileiro, o técnico do Avaí, Evando Camillato, disse que a tendência é que boa base do time que iniciou o confronto contra o Ceará, seja mantida, isto é, abrindo a possibilidade de fazer algumas mudanças na escalação. E uma, pelo menos, por necessidade, já que o lateral-esquerdo Igor Fernandes sentiu um desconforto no adutor e foi vetado pelo departamento médico.

Apesar da derrota para o Ceará por 1 a 0 no último domingo em Fortaleza, a equipe fez uma boa apresentação e criando chances para fazer o gol, o que acabou não acontecendo. Mesmo assim, Evando entende que o time deu uma boa resposta e que por conta disso a base deve ser mantida para este confronto. “A equipe ficou próxima do gol, que é algo que temos pedido. É preciso fazer gols. Vamos treinar hoje, mas a equipe, em sua grande parte, será mantida”, disse o técnico.

Como na resposta ele citou que a base, em sua grande parte, deve ser mantida, fica clara chance de algumas mudanças e o trinador demonstrou a preocupação com o desgaste dos atletas, lesões e até mesmo a parte tática. “Tem todas as fases da pergunta. Lesões nós temos, desgaste nós temos e na verdade variações táticas e técnicas nós também poderemos ter, mas nada daquilo que vai fugir muito do que a gente foi para o Ceará. Nós ficamos com o gosto amargo da derrota e acreditando que passamos perto da vitória. Para vencer, a gente tem que machucar o adversário mais vezes e conseguir ser uma equipe mortal no contra-ataque e a gente tem que aproveitar a parte de organização”, explicou Evando.

Possivelmente, o técnico já citou esta possibilidade, pois deveria estar aguardando uma resposta sobre a situação de Igor Fernandes, que sentiu um desconforto no adutor após a partida contra o Ceará, foi reavaliado, e acabou vetado da partida. Com isso, Paulinho e Julinho brigam pela posição. Uma outra possibilidade, menos provável, é Lourenço entrar na esquerda e Léo retornar na direita.

Com isso, o Avaí pode entrar em campo com Vladimir, Lourenço, Betão, Ricardo, Paulinho (Julinho); Wésley, Matheus Barbosa (Jonny Mosquera), Richard Franco; Caio Paulista, Vinícius Araújo, Igor Goularte. Relacionados ainda; Lucas Frigeri, Marquinhos Silva, Léo, Luanderson, Luan Pereira, Douglas, João Paulo, Gabriel Lima e Matheus Lucas.

Deixe seu comentário:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade