nsc

Parlamentares catarinenses se mobilizam para manter a Eletrosul em Santa Catarina

13/05/2019 - 10h48 - Atualizada em: 13/05/2019 - 11h27

Compartilhe

Por Redação CBN Diário

O Fórum Parlamentar Catarinenses vai solicitar ao presidente Jair Bolsonaro a manutenção da Eletrosul em Florianópolis. A possível incorporação da estatal pela Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica (CGTEE), com sede no Rio Grande do Sul, pautou uma audiência pública na manhã desta segunda-feira (13) no auditório Antonieta de Barros da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc).

O presidente da Eletrosul, Gilberto Eggers, fez uma exposição técnica sobre a situação das duas empresas, com dívidas milionárias, mas administráveis. A divida da Eletrosul é de R$ 2,3 bilhões:

— Hoje, com receita que nós temos, a dívida é suportável. O grande problema da Eletrosul é a revisão tarifária. Vamos perder em torno de R$ 300 milhões por ano.

O Sinergia, sindicato que representa os trabalhadores, defende que a Eletrosul é eficiente e lucrativa;

— Essa discussão já vem há 10 anos, mas dentro de patamares lógicos: a maior incorporar a maior. A CTGEE tem o tamanho de uma divisão da Eletrosul — afirmou o diretor Eduardo Clasen Back.

O colunista Moacir Pereira informa que os senadores Esperidião Amin (PP) e Jorginho Melo (PR) já se posicionaram claramente a favor da incorporação da CGTEE pela Eletrosul e não o contrário, como está previsto no projeto, e levarão o assunto a Bolsonaro.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Cotidiano

Colunistas