nsc
an

publicidade

Economia

Pesquisa do Procon aponta aumento no preço da cesta básica em Joinville

Levantamento foi realizado em oito supermercados de diferentes bairros da cidade

18/10/2018 - 09h00 - Atualizada em: 18/10/2018 - 14h21

Compartilhe

Por Redação NSC
Preço do tomate teve variação de 48,53% entre setembro e outubro
Preço do tomate teve variação de 48,53% entre setembro e outubro
(Foto: )

O valor da cesta básica teve aumento de quase R$ 5 entre os meses de setembro e outubro em Joinville. A nova pesquisa de preços realiza pelo Procon, nos dias 8 e 9 de outubro, apontou que o preço subiu 1,99% entre um mês e outro. A pesquisa foi realizada em oito supermercados de diferentes bairros da cidade.

Conforme o Procon, no início do mês passado o preço médio da cesta era de R$ 234,67, já neste mês subiu para R$ 239,35. Para compor a cesta básica foram pesquisados 45 itens de alimentos industrializados, carnes e frios, horta, pomar e granja, higiene pessoal e limpeza doméstica.

Tomate foi o que mais aumentou

Os produtos que sofreram maior aumento foram o tomate (48,53%), desinfetante pinho (14,15%), sal (11,12%) e presunto (10,48%). Os que tiveram redução foram a cebola (-15,88%), ovos vermelhos (-10,05%), extrato de tomate (-10,01%) e papel higiênico folha dupla (-6,18).

Diante da variação de preços, o gerente do Procon, Kleber Degracia, ressalta a importância da realização de pesquisas antes de adquirir qualquer produto ou serviço.

— A pesquisa é uma forte arma na prática de preços mais baixos pela concorrência — ressalta Kleber.

As pesquisas estão à disposição na sede do Procon, situada na rua Saguaçu, 265, bairro Saguaçu (subida do Morro do Mirante) ou no site da Prefeitura de Joinville.

Leia mais:

Orçamento do Município de Joinville em 2019 será de R$ 3,04 bilhões

Valor de imóveis varia mais de 200% em Joinville

Incubadora pública de Joinville ajuda a melhorar a renda de empreendedores locais

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Economia

publicidade

Colunistas

    publicidade

    publicidade

    publicidade