nsc
dc

publicidade

campanha de z4

Pior visitante da Série B, Criciúma enfrenta o Sport neste sábado

Tigre só venceu uma fora, na 8ª rodada

07/11/2019 - 17h54 - Atualizada em: 07/11/2019 - 18h00

Compartilhe

Por Lariane Cagnini
Até aqui, Criciúma já passou 18 rodadas no Z4
Até aqui, Criciúma já passou 18 rodadas no Z4
(Foto: )

Visitante com o pior aproveitamento da Série B 2019, o Criciúma tem pela frente o vice-líder Sport, em Recife, neste sábado. Dos 16 jogos disputados, o Tigre ganhou apenas um longe de seus domínios, enquanto em casa, o Sport já garantiu nove triunfos. A campanha do adversário como mandante só não é melhor do que a de Bragantino, Operário-PR e Coritiba.

Na Série B deste ano, resta ao Criciúma um campeonato disputado entre cinco equipes, as quatro que estão na zona de rebaixamento e o primeira fora do sufoco. Vice-lanterna da competição, o Tigre faz as contas e fica de olho nos desempenhos de Londrina, Figueirense, Vila Nova e São Bento.

O Criciúma não vence desde final de setembro, e a sequência de cinco empates e três derrotas mantém o time no Z4. A última vez em que o torcedor pode respirar fora do rebaixamento foi no finalzinho de agosto e início do mês seguinte, quando o time oscilou entre a 15ª e a 16ª posição. Daí em diante, foi ladeira abaixo, e o Tricolor já contabiliza 18 das 33 rodadas disputadas estacionado no Z4.

Pela frente, o Criciúma tem mais um jogo fora de sábado, contra o Sport, às 16h30min de sábado. Se vencer, o Tigre ganha uma sobrevida e define o futuro em casa, na terça-feira, contra o Londrina. O time é o primeiro fora do Z4, e enfrenta o América-MG nesta sexta-feira.

Desligado

O meia atacante Marcinho Junior, no Criciúma desde setembro do ano passado, foi desligado essa semana. O clube informou que a rescisão contratual foi realizada em comum acordo entre as partes. O atleta fez somente nove jogos com a camisa tricolor, um pela Série B do ano passado e outro na temporada atual, sete deles pelo Campeonato Catarinense. Não marcou nenhum gol.

​​​Leia mais notícias sobre o Criciúma no NSC Total. ​​

Deixe seu comentário:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade