nsc

publicidade

BBB

Playboy diz que ex-BBBs perdem a noção na hora de pedir cachê

Amanda, a última eliminada do BBB14, pediu R$ 800 mil e mais participação nos lucros para posar nua

10/02/2014 - 11h38 - Atualizada em: 10/02/2014 - 11h47

Compartilhe

Por Redação NSC
Amanda ainda está em negociação com a Playboy
Amanda ainda está em negociação com a Playboy
(Foto: )

Pelo jeito não é só na ficção que ex-BBB perde a noção. Valdirene, vivida pela atriz Tatá Werneck em Amor à Vida, quase perdeu a chance de ser capa da Playboa (nome fictício dado na trama) por pedir um cachê altíssimo. Na novela ela acabou desistindo de posar nua para casar com o seu "Palhaço", mas o cachê fechado havia ficado bem mais baixo do que ela imaginava.

Na vida real foi a vez de Amanda pensar alto demais. Segundo o jornal Extra, o

diretor de marketing da revista Playboy, Sergio Xavier, ficou surpreso com o cachê estipulado pela ex-BBB, que pediu R$ 800 mil e mais participação nos lucros.

- Já vi ex-BBB pedindo cinco vezes a mais do que costumamos pagar. Elas perderam um pouco a noção de realidade. São celebridades instantâneas. Não são como as grandes atrizes -, explicou Sergio.

Ainda na casa, Amanda chegou a falar que achava que a revista pagaria mais por ela ter as partes íntimas ruivas.

Por conta da "falta de noção", nenhuma participante do BBB13 posou na capa da revista. A última ex-BBB a estampar capa nua foi Renata Dávila, do BBB12.

O cachê mais alto entre as BBB's ficou para Fani Pacheco, que participou de duas edições do "BBB" (2007 e 2013) e estampou duas capas da revista. Na primeira ganhou R$ 500 mil e na segunda - ao lado da amiga Natália Casassola -, recebeu R$ 300 mil.

Deixe seu comentário:

publicidade