nsc
an

Policiamento

PM divulga balanço das operações do primeiro trimestre de 2019 em Joinville

Intensificação das ações contribuiu para a redução da criminalidade, como a queda de 12,4% nos crimes de furtos entre os três primeiros meses de 2018 e 2019

09/04/2019 - 06h13 - Atualizada em: 09/04/2019 - 12h42

Compartilhe

Redação
Por Redação AN
(Foto: )

A Polícia Militar (PM) de Joinville divulgou balanço das operações realizadas no primeiro trimestre de 2019. Desde o ano passado, a corporação vem intensificando as ações ostensivas e preventivas nas ruas da cidade para diminuir os índices de criminalidade. De acordo com o coronel Dirceu Neundorf, comandante da 5ª Região de Polícia Militar, de janeiro a março foram apreendidos cerca de 1.500 veículos irregulares, 80 quilos de maconha, mais de 6 mil compridos de ecstasy e 9 mil pontos de LSD durante estas ações.

— A massificação deste policiamento nos locais de crime faz com que diminua os índices de criminalidade porque a presença policial acaba inibindo as práticas criminosas. Os criminosos sabem que estamos fazendo essas operações — explica o coronel.

Dados fornecidos pela PM de Joinville apontam a diminuição de 12,4% nos crimes de furto, em comparação entre os primeiros trimestres de 2018 e 2019, e de 12,7% nos roubos. Já os homicídios registrados na cidade diminuíram 14,8% no mesmo período. O mapeamento dos dados criminais auxiliam no planejamento das operações da polícia. Na avaliação do coronel, a diminuição destes índices reflete nos números da criminalidade, já que muitos crimes são correlatos.

As operações acontecem de acordo com o acompanhamento diário dos dados estatísticos. Com este monitoramento é possível identificar oscilações e acréscimos nas ocorrências e, assim, atribuir a ação eficaz para cada caso e região.

Umas das grandes operações da PM, intitulada Adsumus, por exemplo, aconteceu após o registro de nove homicídios entre 18 e 24 de janeiro. O índice motivou a realização da ação para combater o crime na região onde aconteceram os fatos. Com varreduras, barreiras e blitze, foram presas aproximadamente 15 pessoas suspeitas de diversos crimes, além da apreensão de veículos, armas e drogas.

De acordo com o coronel, a intensificação de ações já realizadas pela PM diariamente é um entendimento do novo comando da polícia do Estado, capitaneada pelo coronel Araújo Gomes desde fevereiro de 2018.

— Desde que o novo Comando Geral assumiu, reuniu todos os coronéis e a intenção é colocar o policiamento na rua e não em quarteis. Então, o que estamos fazendo é isso, ações ostensivas e preventivas em toda a cidade – ressalta.

Entre as ações realizadas pela PM estão a Ferrolho – com a realização de barreiras nas divisas e limites do Estado e a operação Saturação, nos locais onde mais são registrados crimes.

Colunistas