nsc
    hora_de_sc

    Prefeitura Municipal de Florianópolis

    PMF está presente em consórcio nacional para compras de vacina da Covid-19

    Já são 15 as capitais que manifestaram interesse na ação, definida na última semana durante encontro da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP)

    08/03/2021 - 09h41 - Atualizada em: 08/03/2021 - 12h47

    Compartilhe

    Estúdio
    Por Estúdio NSC
    Consórcio de vacinas
    Ação da FNP está em andamento e já conta com mais de 100 adesões.
    (Foto: )

    Em encontro promovido pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) na última semana, entre prefeitos das maiores cidades brasileiras, foi definida a criação de um Consórcio Municipal Nacional para aquisição de vacinas contra a Covid-19. A intenção das prefeituras é aglutinar força e aumentar poder de negociação com laboratórios.

    >> Florianópolis ultrapassa meta e vacina 102% de idosos contra a Covid-19

    Grandes cidades brasileiras, entre elas Florianópolis, vêm tentando realizar compras de doses de vacina diretamente com laboratórios para acelerar o plano de imunização municipal. Recentemente, em resposta à Capital Catarinense, a farmacêutica Pfizer disse que só iria negociar com o Governo Federal neste momento. Os prefeitos acreditam que com um grande consórcio nacional, buscando a compra de milhões de doses, a possibilidade de compra direta passa ser mais concreta.

    — Uma compra coletiva, envolvendo todo o país, traz mais poder de negociação para as prefeituras e até mesmo mais segurança jurídica. É a certeza de que não haverá leilão de preços diferentes entre cidades — disse o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro.

    PMF
    Com consórcio nacional, FNP acredita que prefeituras terão maior poder de negociação com farmacêuticas produtoras da vacina.
    (Foto: )

    A Prefeitura de Florianópolis vai entrar, nos próximos dias, com um projeto de lei em caráter de urgência, pedindo autorização legislativa para participar do consórcio nacional. A FNP contempla 412 municípios com mais de 80 mil habitantes. Já são 15 as capitais que manifestaram interesse no consórcio.

    Números da fiscalização na Capital

    Após novo decreto estadual que determinou restrições para o enfrentamento da pandemia, a Prefeitura de Florianópolis formou equipes para intensificar fiscalizações em estabelecimentos, com o intuito de garantir o cumprimento dos protocolos de segurança. Até o momento, mais de 221 estabelecimentos foram fiscalizados. Destes, 23 foram advertidos, 2 foram interditados e foram emitidos 4 autos de infração lavrados pela vigilância sanitária da PMF. Essa intensificação na fiscalização segue até o dia 12 de março é às vistorias são realizadas diariamente no período a tarde e noturno.

    Acesse o site da PMF e fique por dentro das ações realizadas pelo órgão municipal.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Especiais Publicitários

    Colunistas