nsc
    nsc

    Crime organizado

    Polícia Civil prende três com armas, drogas, fardas e carro clonado 

    Trio surpreendido por agentes da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Canoas tinha ainda toucas ninja e giroflex usado por policiais 

    13/05/2016 - 12h10

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    Armamento, fardas, distintivos, toucas, munição e equipamentos característicos das polícias foram encontrados com o trio
    Armamento, fardas, distintivos, toucas, munição e equipamentos característicos das polícias foram encontrados com o trio
    (Foto: )

    Policiais civis da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) de Canoas prenderam em flagrante dois homens e uma mulher com armas, drogas, munição, miguelitos (pregos retorcidos usados para furar pneus), fardas e equipamentos de uso exclusivo das polícias. As prisões foram feitas hoje, em duas etapas: numa casa em Sapucaia do Sul e num apartamento em São Leopoldo. Um dos presos é Ricardo Alexandre dos Santos, o Ricardinho, que estava em prisão domiciliar e já cumpriu condenação por roubo com morte (latrocínio) durante assalto a banco, nos Anos 2000.

    Leia mais:

    Suspeito de roubar farmácias é preso

    Ladrões atacam posto de combustíveis

    Os policiais checavam dicas sobre Ricardinho há meses e conseguiram surpreendê-lo na manhã de hoje numa residência em São Leopoldo, quando se preparava para entrar num Honda Civic com placas clonadas. Na casa foram encontrados vários vidros contendo miguelitos - que costumam ser usados por assaltantes para impedir perseguições feitas por viaturas policiais - toucas ninja, um rádio-comunicador sintonizado na frequência da Brigada Militar e lacres, usados como algemas.

    _ Ricardinho admitiu que guardava mais material ilegal em São Leopoldo. Fomos a um apartamento nesta cidade e apreendemos 40 quilos de maconha, munição, uma escopeta calibre 12, uma pistola Glock calibre 9mm, uma camiseta da Polícia Civil, uma farda militar e adesivos da Polícia Federal. Ele se preparava para algum golpe grande, não temos dúvida - descreve o delegado Thiago Bennemann, da DFRV de Canoas.

    Os policiais encontraram também um giroflex (luz intermitente usada no teto das viaturas policiais) e outros radio-comunicadores. No apartamento foram presos um homem e uma mulher, em flagrante, pela posse do material ilegal. Os nomes não foram divulgados. O trio foi enviado ao Presídio Central de Porto Alegre.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas