nsc

publicidade

Polícia faz operação para fiscalizar pesca de sardinhas e camarões no litoral de SC

Lanchas e helicóptero foram deslocados para verificar se barcos estavam cumprindo regras

16/03/2019 - 14h54 - Atualizada em: 20/09/2019 - 16h17

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Três redes instaladas de forma irregular foram apreendidas pelos policiais
Três redes instaladas de forma irregular foram apreendidas pelos policiais
(Foto: )

A Polícia Militar Ambiental realizou uma operação na manhã deste sábado (16) para fiscalizar a pesca de sardinhas e de camarões no litoral de Santa Catarina, realizada por barcos atuneiros de grande porte. Essas embarcações têm licença para operar, mas devem seguir regras e restrições para a atuação nos mares brasileiros.

Segundo a polícia, as sardinhas e camarões que estão sendo pescados nesta época do ano têm como objetivo o uso posterior como iscas vivas para a pesca de atum. No entanto, os animais retirados da água não podem ter menos de 5cm de tamanho. Já os camarões não podem ser pescados com redes de arrasto, pois atualmente as espécies passam pelo período de defeso.

Durante o trabalho, os policiais fizeram vistorias nos porões e viveiros de iscas vivas, em busca de irregularidades. Além das lanchas da Polícia Militar, um helicóptero foi usado para dar apoio à operação.

Ao final, foram apreendidas três redes, que tinham sido instaladas de forma irregular. Já as outras embarcações vistoriadas receberam orientações sobre a prática de respeitar o período de defeso. Ninguém foi detido.

Deixe seu comentário:

publicidade