nsc

publicidade

Estatística

População de 186 cidades em SC aumentou em 2019; Araquari tem maior taxa de crescimento

Pesquisa de Estimativa Populacional foi divulgada pelo IBGE nesta quarta-feira e aponta aumento de 1,3% na população de Santa Catarina

28/08/2019 - 10h30 - Atualizada em: 28/08/2019 - 12h25

Compartilhe

Lucas
Por Lucas Paraizo
Polo de indústrias, Araquari teve o maior crescimento percentual em SC
(Foto: )

Segundo a nova pesquisa de Estimativa Populacional do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Santa Catarina ganhou 89.294 novos habitantes no último ano. O dado aponta um crescimento de 1,3% na população do Estado, puxado especialmente por cidades do Litoral e do Norte — como Araquari, que aumentou 3,9% em um ano e tem a maior taxa de crescimento do Estado e a 23ª do Brasil.

Conforme o IBGE, 186 cidades catarinenses (63%) tiveram aumento na população, enquanto 101 (34%) perderam habitantes e outras 8 (3%) ficaram estáveis de 2018 para 2019. Entre as 10 maiores cidades do Estado, somente Lages perdeu habitantes, mas apenas 0,1%. Do outro lado, Palhoça cresceu 2,1% e foi quem mais recebeu novos moradores entre os maiores municípios.

Outro destaque é que Florianópolis rompeu a marca do meio milhão de habitantes. Com uma taxa de crescimento de 1,6% na população, a Capital agora possui 500.973 moradores segundo a pesquisa, ficando apenas atrás de Joinville, com 590.466.

Menores cidades perderam habitantes

No ranking das 10 menores cidades de Santa Catarina, quem era pequeno ficou mais ainda. Os 10 municípios com a menor população perderam mais moradores no ano, mostrando um êxodo das cidades pequenas do interior. Santiago do Sul, no Oeste, segue com o posto de menor população: 1.260 pessoas, uma queda de 2% em relação ao ano passado.

População de mais da metade das cidades da Serra e do Oeste diminuiu

Dos 101 municípios do Oeste e da Serra catarinense, 79 perderam habitantes no último ano. A maior taxa é no Oeste, com 54% das cidades em queda, contra 50% na região serrana. No Sul 20% das cidades diminuíram, enquanto na Grande Florianópolis o número ficou em 19%.

A menor queda percentual da população ocorreu no Vale do Itajaí (13% das cidades perderam habitantes) e no Norte (8% das cidades).

Brasil tem mais de 210 milhões de habitantes

O Brasil ultrapassou a marca de 210,1 milhões de habitantes em 1° de julho deste ano, segundo estimativa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Ao todo, somos 210.147.125 brasileiros que moram nos 5.570 municípios.

A taxa de crescimento da população brasileira foi de 0,79% em relação à mediação do ano anterior, quando o instituto estimou em 208,5 milhões habitantes. São Paulo mantém a liderança como o mais populoso do país, com 45,9 milhões de habitantes - no ano passado eram 45,5 milhões. Minas é o segundo, com 21,1 milhões, seguido pelo Rio de Janeiro, com 17,2 milhões.

Roraima foi o estado que registrou o maior aumento populacional, com 5,1%. Com 605,7 mil pessoas, o estado da região norte teve acréscimo oficial de mais 29,1 mil pessoas. Uma das causas para o aumento populacional de Roraima está no fluxo migratório de venezuelanos. Apesar disso, Roraima continua sendo o estado menos populoso do país.

Leia as últimas notícias do NSC Total

Deixe seu comentário:

publicidade