publicidade

Economia
Navegue por

Combustíveis

Preços da gasolina e do diesel em Santa Catarina estão entre os menores do Brasil

Segundo a ANP, gasolina é a terceira mais barata, enquanto o diesel é o mais em conta do país

11/01/2019 - 15h31 - Atualizada em: 11/01/2019 - 15h41

Compartilhe

Por Samuel Nunes
Gasolina mais barata do Estado é encontrada em Criciúma
Gasolina mais barata do Estado é encontrada em Criciúma
(Foto: )

Nestes primeiros dias de 2019, os preços da gasolina e do diesel em Santa Catarina estão entre os menores do Brasil. De acordo com a Agência Nacional do Petróleo (ANP), o valor médio cobrado pelo litro da gasolina no Estado é de R$ 4,039, atrás apenas dos preços registrados no Amapá e em Roraima. No país, o preço médio está na casa de R$ 4,32.

Já o diesel, usado principalmente em veículos de transporte de pessoas e mercadorias, é o mais barato do país, nestas primeiras semanas do novo ano. O valor médio do combustível no Estado é de R$ 3,282, bem abaixo da média nacional, que fica em R$ 3,58.

Por outro lado, o etanol vendido em Santa Catarina está caro, quando comparado a outros estados. O valor médio do litro nos postos catarinenses é de R$ 3,458, enquanto a média nacional ficou em R$ 37.

Criciúma tem gasolina mais barata

Em Santa Catarina, os menores preços da gasolina são encontrados nos postos de Criciúma, onde o valor encontrado pela ANP foi de R$ 3,891. Já a cidade mais cara para se abastecer, entre as 21 pesquisadas é Xanxerê, onde os motoristas pagam, em média, R$ 4,216 por litro do combustível.

No caso do diesel, os menores preços estão Araranguá e Tubarão, ambas no Sul do Estado. Nas duas cidades, os postos cobram em torno de R$ 3,153 por cada litro. O valor mais alto é registrado em Florianópolis, onde o litro do combustível custa, segundo a ANP, R$ 3,532, na média.

Para quem usa etanol, o lugar mais em conta para se abastecer é em Blumenau, no Vale do Itajaí, onde cada litro sai por R$ 3,413. Em São José, na Grande Florianópolis, a variação também é mínima, já que, de acordo com os dados da ANP, o litro custa R$ 3,417. Na outra ponta da tabela, o preço mais caro é encontrado em Videira, onde é preciso pagar, em média, R$ 3,555 por litro.

GNV sobe quase 50%

Ainda de acordo com os números da ANP, a alta média do preço dos combustíveis, entre janeiro de 2018 e os primeiros dias deste ano foi de 10,29%. Isso, no entanto, se deve apenas à variação registrada no preço do GNV, que subiu 47,12%, no último ano. Os demais combustíveis tiveram altas que ficaram abaixo da inflação registrada no período, de 3,75%.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação