nsc
dc

publicidade

Floripa Te Quero Bem

Prefeitura de Florianópolis apresenta primeiro balanço de plano de metas para melhorar qualidade de vida até 2016

Lista com 71 objetivos para gestão Cesar Souza Junior foi apresentada à população em março

28/08/2014 - 02h01 - Atualizada em: 28/08/2014 - 18h39

Compartilhe

Por Redação NSC
Reunião desta quinta ocorre das 18h30min às 20h, no auditório da Esag/Udesc, no bairro Itacorubi
Reunião desta quinta ocorre das 18h30min às 20h, no auditório da Esag/Udesc, no bairro Itacorubi
(Foto: )

Compromisso social, desenvolvimento da cidade e governança. Esses são os três eixos que a prefeitura de Florianópolis definiu para dividir 71 metas elencadas para melhorar a qualidade de vida na capital do Estado.

:: Veja relação das 71 metas propostas pela prefeitura

As metas foram elaboradas pelo Executivo a partir do levantamento feito pelo movimento Floripa Te Quero Bem e entregue em 2012 aos então candidatos a prefeito. Os 71 objetivos elencados são referentes à gestão 2013-2016 e receberam o aval do prefeito Cesar Souza Junior (PSD), sendo encaminhadas à Câmara de Vereadores em março deste ano para se tornarem projeto de lei.

No evento desta quinta-feira, a população receberá informações detalhadas do que cada secretaria conseguiu cumprir nos últimos meses. A reunião ocorre das 18h30min às 20h no auditório do Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), em Florianópolis, no bairro Itacorubi.

:: Acompanhe a partir das 18h30min a cobertura em tempo real do encontro pelo Facebook,Twitter, Instagram do Floripa Te Quero Bem

Grupo acompanha progresso do plano

Gerente executivo do Instituto Comunitário Grande Florianópolis (Icom), uma das entidades que compõem o projeto, Anderson Giovani da Silva explica que o grupo acompanha o progresso das ações, mas apenas a prefeitura possui estrutura para mensurar o cumprimento das metas em tempo real. Por isso, uma das premissas é que, a partir de agora, o Executivo atualize a situação a cada três meses:

Leia mais:

:: Acompanhe a página do Floripa Te Quero Bem no Facebook

:: "O cidadão precisa cobrar", aponta membro do movimento

:: "Quando há metas, há pressão" diz prefeito sobre plano de ações

- Podemos ter a informação de que uma meta está em 25%, por exemplo, mas o que exatamente isso significa? Obras construídas, profissionais contratados? Entendemos as dificuldades causadas pela burocracia, mas alguém precisa fiscalizar constantemente para que as medidas sejam cumpridas. E esse é o nosso papel.

:: Entenda o movimento

O Floripa Te Quero Bem é um movimento criado em novembro de 2011, após o tenista Guga Kuerten levantar a possibilidade de deixar a cidade devido à redução da qualidade de vida. A declaração levou à realização do Painel RBS, que promoveu um debate sobre o futuro da Capital.

No ano seguinte, a campanha deixou de ser temporária e se transformou em um movimento que tem a participação do Instituto Guga Kuerten, do Instituto Comunitário Grande Florianópolis (Icom), do Instituto Vilson Groh (IVG) e do Grupo RBS.

AÇÕES EM ANDAMENTO

Ao todo, são 71 metas elencadas pela prefeitura depois de propostas do Floripa Te Quero Bem. A partir de agora, a ideia é que a prestação de contas seja feita a cada três meses. Confira os resultados de algumas das metas que compõem o plano do Executivo e a previsão de ações para os próximos dois anos:

EDUCAÇÃO

AMPLIAR 4 MIL VAGAS NO ENSINO INFANTIL, CONSTRUINDO 26 NOVAS CRECHES

Segundo o secretário de Educação, Rodolfo Pinto da Luz, a pasta cumpriu 34,5% da primeira parte da meta até o momento - ou seja, foram criadas pelo menos 1.381 vagas no ensino infantil desde que o plano de metas foi assinado. De acordo com Luz, cinco das 26 creches prometidas já foram entregues e com os recursos do Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID), os trabalhos devem acelerar bastante.

O empréstimo do BID à prefeitura da Capital, de cerca de R$ 59 milhões, foi assinado em julho. O valor deve ser investido exclusivamente na área da educação. Como contrapartida, o município deve investir a mesma quantia no setor.

MOBILIDADE URBANA

AMPLIAR 20 QUILÔMETROS DO SISTEMA CICLOVIÁRIO

Sob responsabilidade da Secretaria de Obras, a meta está pouco mais de 25% concluída: dos 20 km de ciclovias prometidos, 5,15 km já foram entregues. Os trechos dizem respeito às avenidas João Gualberto Soares (Ingleses), Luiz Boiteux Piazza (Canasvieiras) e Açoriana (que liga o Ribeirão à Base Aérea, no Sul da Ilha).

O secretário Domingos Zancanaro afirma que um trecho de mais 6,25 km já está sendo executado. Até o prazo final, ainda são planejados mais 8,2 km de ciclovias nas ruas Deputado Antônio Edu Vieira, Padre Rohr e avenida Ivo Silveira.

TRÂNSITO

ALOCAR EQUIPE DE GUARDAS MUNICIPAIS PARA REALIZAR 30 MIL REUNIÕES E VISITAS ÀS ESCOLAS MUNICIPAIS

Secretário de Segurança e Defesa do Cidadão da Capital, Raffael de Bona Dutra afirma que esta ação é realizada há pelo menos três anos e que a meta de 30 mil visitas a escolas públicas foi ultrapassada sem dificuldades. Até o momento, estima-se que tenham sido feitas mais de 52 mil - e o setor de educação da Guarda Municipal continua trabalhando.

No ano passado, a equipe visitou todas as escolas municipais de Florianópolis, segundo Dutra.

Outras metas ligadas à pasta são o aumento em 30% do efetivo da Guarda Municipal e a realização de 15 mil abordagens da Lei Seca. Sobre o primeiro ponto, Dutra afirma que um concurso previsto para o ano que vem deve suprir a demanda. Já sobre as blitze, o secretário responsável pela pasta fala em 7 mil abordagens no verão 2013- 2014, número que pretende dobrar na próxima temporada.

SAÚDE

ATENDER 85% DOS EXAMES E CONSULTAS ESPECIALIZADAS EM UM PRAZO INFERIOR A 90 DIAS

A Secretaria de Saúde afirma que registrava 70% dos exames especializados realizados em menos de 90 dias quando assinou o plano de metas. Secretário da pasta, Daniel Moutinho Junior diz que essa taxa se encontra atualmente em 77%.

Segundo Moutinho, é uma meta que depende de vários fatores, mas ganhou atenção especial por ser considerada uma das prioriedades pela prefeitura. Outras metas da pasta incluem pontos como a criação de duas UPAs da Criança, expandir a cobertura do Saúde da Família para 95% e manter equipes de Saúde da Família itinerantes nas escolas. Junior destaca ainda o progresso na construção de oito postos de saúde - um está pronto, quatro em andamento.

Acompanhe pelo Twitter:

Tweets de @floripatqb

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Cotidiano

publicidade

Colunistas

    publicidade

    publicidade

    publicidade