nsc
    hora_de_sc

    Carnaval 2019

    Prefeitura licita exploração da passarela para financiar desfiles

    Liga e Município garantem disputas do Grupo Especial e Acesso na Nego Quirido

    04/12/2018 - 20h13 - Atualizada em: 05/12/2018 - 07h38

    Compartilhe

    Por Dayane Bazzo
    Empresa vencedora  vai explorar passarela pelos próximos três carnavais
    Empresa vencedora vai explorar passarela pelos próximos três carnavais
    (Foto: )

    Faltando pouco menos de três meses para o Carnaval 2019, a Prefeitura de Florianópolis pretende licitar o uso da Passarela Nego Quirido para financiar o desfile das escolas do Grupo Especial e de Acesso. A abertura das propostas está marcada para o dia 17 de dezembro. O vencedor será aquele que apresentar o maior percentual de repasse para o município, sendo o lance mínimo de 10% do que for arrecadado com a venda de ingressos.

    De acordo com o secretário de Cultura, Esporte e Juventude, Edmilson Carlos Pereira Junior, a empresa que assumir deverá arcar com toda a estrutura, desde a segurança, limpeza, som, tendas para uso das escolas, entre outros. Em contrapartida, poderá explorar a bilheteria, camarotes e venda de bebidas.

    Com isso, a prefeitura pretende economizar em torno de R$ 1,5 milhão e, ao mesmo tempo, garantir a realização da disputa das escolas principais e do Grupo de Acesso, que não desfila há dois anos.

    Pelo edital, lançado no dia 23 de novembro, a empresa que ganhar a permissão de uso da passarela terá que repassar para a Liga das Escolas de Samba de Florianópolis (Liesf) 70% do valor arrecadado com a transmissão dos desfiles (seja rádio, televisão ou internet) e 10% da venda de ingressos da arquibancada.

    Além disso, terá que repassar, no mínimo, 10% do valor arrecadado com a arquibancada para o município, que será destinado a investimentos na área esportiva da passarela. Este item, inclusive, será a forma de seleção da empresa ganhadora, ou seja, aquela que apresentar a maior proposta de repasse.

    Os ingressos para os desfiles serão vendidos a R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia). Com isso, a estimativa é de arrecadação total de R$ 256 mil, sendo 60% de entradas integrais e 40% de meia-entrada. A empresa terá direito de explorar a passarela durante os meses de janeiro a março de 2019, 2020 e 2021.

    — O Carnaval 2019 está confirmado, já tivemos mais de 10 empresas que acessaram o edital e temos a expectativas de que vai ser um pregão interessante. Por uma questão financeira e de prioridades, a prefeitura não investirá tanto como deveria neste Carnaval, e como todos os anos temos uma queda de investimentos, achamos salutar essa parceria com uma empresa privada — defende.

    Expectativa boa

    O secretário não quis falar em valores para as escolas, pois isso depende do resultado da licitação. Já o presidente da Lesf, Fabio Murilo Botelho, fala que a expectativa é em torno de R$ 400 mil para cada escola do Grupo Especial e R$ 100 mil para as do Grupo de Acesso.

    Devem desfilar no Carnaval 2019 um total de 11 escolas, incluindo as de São José e Palhoça. Os desfiles devem ocorrer no mesmo dia, no sábado de Carnaval, 2 de março. Primeiro devem passar pela avenida as escolas do Grupo de Acesso, a partir das 16h, e em seguida as do Grupo Especial.

    — Acreditando que 2019 vamos ter um dos melhores carnavais dos últimos 10 anos — diz confiante o presidente.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas