publicidade

Saídas

Preparador e psicóloga saem do Figueirense com rescisões na Justiça

Com salários em atraso, Joseval Vieira e Dalila Ayala deixam o clube e buscam reaver valores

12/08/2019 - 11h46 - Atualizada em: 12/08/2019 - 12h08

Compartilhe

Kadu
Por Kadu Reis
Preparador físico Joseval Vieira e psicóloga Dalila Ayala
Preparador físico Joseval Vieira e psicóloga Dalila Ayala
(Foto: )

O preparador de goleiros Joseval Vieira e a psicóloga Dalila Ayala se despediram dos jogadores e funcionários do Figueirense nesta segunda-feira (12) no CFT do Cambirela. Com salários em atraso, os profissionais ingressam com pedidos de rescisão indireta na Justiça do Trabalho. Recentemente, o goleiro Denis obteve a saída do clube desta maneira.

Campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2008, na comissão técnica comandada por Rogério Micale, o preparador de goleiros Joseval Vieira deixa o Figueirense após 14 anos de trabalho. O profissional passou por todas as categorias da base alvinegra até chegar ao time principal. Ele deve seguir para o Botafogo-SP, onde está o treinador Hemerson Maria.

Com menos tempo de casa, a psicóloga Dalila Ayala, que trabalhava no Furacão há cerca de um ano e meio, é outra a tomar o caminho de saída. Assim como Vieira, ela ingressa com pedido de rescisão indireta do contrato de trabalho na Justiça por conta dos salários em atraso. A profissional alega não ter recebido qualquer depósito de FGTS.

Crise

As dificuldades financeiras do Figueirense continuam. Jogadores e funcionários não receberam os salários referentes ao mês de julho. Os colaboradores ainda acumulam débitos relativos aos anos anteriores e, no caso dos atletas, valores de direitos de imagem. Nesta segunda-feira as categorias de base do clube não treinaram por falta de ônibus para o transporte de ida e volta ao CFT do Cambirela.

Deixe seu comentário:

publicidade