nsc

    CATARINENSE 2020

    Presidente da FCF acredita que será possível encerrar estadual no mês de maio

    Mas tudo passará pelas determinações das autoridades de saúde

    27/03/2020 - 14h06 - Atualizada em: 27/03/2020 - 14h08

    Compartilhe

    Janniter
    Por Janniter de Cordes
    Rubens Angelotti segue todas as normas das autoridades de saúde
    Rubens Angelotti segue todas as normas das autoridades de saúde
    (Foto: )

    A Federação Catarinense de Futebol terminará o campeonato catarinense da temporada dentro de campo, pelo menos foi o que afirmou o presidente da entidade, Rubens Angelotti. Com as férias coletivas para os jogadores de 20 dias, o dirigente acredita que caso não haja nenhuma mudança, será possível retomar o estadual no início de maio e encerrar no final do mesmo mês.

    No Debate Diário desta sexta-feira, o presidente deixou claro que o campeonato catarinense terminará dentro de campo, pelo menos é isso que está planejado. “Nós vamos terminar o campeonato dentro de campo, pra mim tem que terminar dentro de campo. A CBF tem como ideia encerrar os estaduais normalmente”, disse Angelotti.

    Com as férias definidas para os clubes da Série B do Brasileiro, que começa no próximo dia primeiro, o dirigente acredita que será possível terminar a competição sem a necessidade de mudar a fórmula de disputa do catarinense 2020, pois seria possível os atletas voltarem no dia 21 de abril, fazer uma nova pré-temporada e no início do mês de maio retomar a competição e encerrar no fim do mesmo mês.

    Sobre a possibilidade de novas orientações das autoridades da saúde de Santa Catarina, por conta do coronavírus, e o calendário mudar, Rubens Angelotti disse que chamará os clubes para uma nova reunião e assim definir o que fazer com a competição, mas ele segue demonstrando confiança no encerramento dentro de campo até o mês de maio.

    Com tudo o que está acontecendo, se discute a possibilidade de alterar o calendário brasileiro para o europeu e que este seria o momento, mas o dirigente citou que não passa na cabeça dos diretores da CBF fazer esta mudança, pelo neste momento.

    Ouça a participação de Rubens Angelotti no Debate Diário

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas