Em entrevista ao jornal francês “L’Equipe’, o presidente do Monaco, Dmitry Rybolovlev, voltou a falar sobre o jovem Kylian Mbappé. Porém, agora ele apresentou um discurso diferente. O dirigente afirmou que é impossível manter um jogador que tenha o objetivo de deixar o clube e tudo depende da oferta que chegar.

Continua depois da publicidade

– Em última análise, o mercado é o chefe e tudo vai depender da oferta que chegar. Quem está disposto a investir no jogador e como. É uma decisão do jogador, não nossa. Nós não podemos manter um jogador contra a sua vontade — disse Rybolovlev.

Leia mais

Após polêmica, Gabigol se desculpa e admite: “Atitude inadequada”

Navas diz que não cogita possibilidade de deixar o Real

Continua depois da publicidade

Chapecoense encaminha defesa alegando que foi induzida a erro

Essa declaração é o completo oposto da que foi dada pelo vice-presidente do Monaco, Vadim Vasiliyev, que chegou a dizer que Mbappé não está à venda. Inclusive recusando a oferta recorde de ¿ 130 milhões (R$ 481 milhões) do Real Madrid.

– Hoje estamos aptos a recusar este tipo de proposta porque não estamos no mesmo projeto ou na mesma situação financeira de 2014. Nós recebemos receita o suficiente, e será necessário ver o desejo do jogador e o do clube. Então, tomaremos a melhor decisão para os dois – afirmou o dirigente à rádio “RCN”.

*LANCEPRESS

Destaques do NSC Total