nsc
santa

Homicídio qualificado

Preso suspeito de matar homem durante ataque de ciúmes em praia de Bombinhas

Jovem de 22 anos matou morador a facadas depois de suspeitar que vítima estava "dando em cima" da namorada dele

17/12/2021 - 17h19

Compartilhe

Bianca
Por Bianca Bertoli
Thiago tinha 30 anos e morava em Bombinhas
Thiago tinha 30 anos e morava em Bombinhas
(Foto: )

Premeditado e por ciúmes. Essa foi a conclusão da Polícia Civil sobre o assassinato de Thiago de Oliveira Bombazar, 30 anos, ocorrido em uma praia de Bombinhas no mês passado. O autor foi preso preventivamente nesta sexta-feira (17) em Itapoá, no Litoral Norte de Santa Catarina.

> Receba notícias do Litoral Norte direto no Whatsapp.

Conforme informações da polícia de Bombinhas, o jovem de 22 anos disse em depoimento que, naquela madrugada do dia 15 de novembro, agiu em legítima defesa depois de ser agredido com um soco. No entanto, as investigações mostraram outra realidade.

Thiago foi esfaqueado com dois golpes no pescoço, na areia da praia Central de Bombinhas. Um dia depois do crime, o autor se apresentou à delegacia e deu a primeira versão.

A Polícia Civil apurou que o rapaz perseguiu Thiago até o local e iniciou uma discussão. O motivo? Ciúmes da companheira. Para o suspeito, Thiago estava paquerando a namorada dele. A morte foi constatada ainda na praia. O corpo foi sepultado em um cemitério da cidade no dia 16 de novembro.

Com os indícios, a delegada responsável pelo caso pediu a prisão preventiva do jovem, que foi concedida pela Justiça e cumprida nesta sexta em Itapoá. Ele aguardará o processo por homicídio qualificado no presídio.

Leia também

Filhote de jararaca brava tenta atacar bombeiros durante captura no Alto Vale; veja o vídeo

Conhecidos mataram vendedor em Blumenau e fugiram com roupas da vítima, diz polícia

Enredo de terror: o que está por trás de assassinato brutal em Rio do Sul

Polícia encontra homem morto com tiro no rosto dentro de carro parado na BR-470

Jovem pula a sacada para evitar ser morto, mas é executado a tiros

Colunistas