nsc
dc

Prisão preventiva

Procurador que agrediu a chefe durante expediente é preso em SP

Caso ocorreu na última segunda-feira (20), na prefeitura de Registro

23/06/2022 - 09h57 - Atualizada em: 23/06/2022 - 10h45

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Agressão em Registro, São Paulo
Caso ocorreu na última segunda-feira (23)
(Foto: )

O procurador Demétrius Oliveira de Macedo, foi preso na manhã desta quinta-feira (23), em São Paulo. Ele agrediu a chefe Gabriela Samadello Monteiro durante o expediente na prefeitura da cidade de Registro (SP), e teve a prisão decretada nesta quarta-feira (22), segundo o g1. 

Receba notícias do DC via Telegram

O delegado Daniel Vaz Rocha, que está responsável pelo caso, fez o pedido de prisão preventiva do procurador de 34 anos. Segundo ele, o acusado “vem tendo sérios problemas de relacionamento com mulheres no ambiente de trabalho, sendo que, em liberdade, expõe a perigo a vida delas, e consequentemente, a ordem pública".

> Mãe mente para tentar encobrir agressões contra o filho em Barra Velha, diz polícia

Segundo a Polícia Civil, o depoimento da procuradora-geral, fotos e vídeos da agressão foram reunidos para basear o pedido de prisão preventiva. Em entrevistas, a vítima chegou a dizer que acha "que ele é capaz de qualquer coisa". 

O caso aconteceu na tarde da última segunda-feira (20). De acordo com o g1, a agressão teria sido motivada pela abertura de um processo administrativo contra o procurador por causa de sua postura no ambiente de trabalho. Um Boletim de Ocorrência sobre o caso foi registrado no 1º Distrito Policial (DP) de Registro. 

Leia também

Juíza que impediu aborto em menina é engajada em adoção

Aposta feita em SC fatura mais de R$ 100 mil na Mega-Sena

Colunistas