nsc

publicidade

Saúde 

Profissionais da saúde recebem orientações sobre frente de combate ao sarampo em Joinville 

Vigilância Epidemiológica reforça a imunização também entre os próprios profissionais da área 

06/11/2019 - 15h00

Compartilhe

Redação
Por Redação AN
A capacitação acontece nesta quarta-feira
A capacitação acontece nesta quarta-feira
(Foto: )

A Secretaria de Saúde de Joinville, por meio do serviço de Vigilância Epidemiológica, reúne médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e profissionais da área para uma capacitação sobre condutas frente a casos suspeitos de sarampo e ao atual quadro epidemiológico da doença, no município. A capacitação acontece nesta quarta-feira (6). De acordo com números atualizados do Setor de Imunização, Joinville tem 14 casos confirmados de sarampo no município, e mais um caso diagnosticado de um paciente residente em Florianópolis, mas que está de passagem na cidade. Há, também, 200 casos suspeitos da doença.

O ponto central do encontro foi reforçar aos profissionais de saúde, a importância de disseminarem entre a população a necessidade de se vacinar contra a doença.

- A vacinação é a única arma que temos contra o sarampo. E os profissionais precisam ter esse olhar. Hoje nos reunirmos com o objetivo de orientar para que tenhamos uma fala alinhada e para que todos estejam trabalhando no mesmo fluxo - afirmou a médica da Vigilância em Saúde, Monica Behnke Damasio.

Além de serem orientados a incentivar a população a se vacinar, durante o encontro foi ressaltada a importância de imunização entre os próprios profissionais da área, que também foram instruídos a atentarem-se aos procedimentos que devem ser tomados junto a casos suspeitos de sarampo. Entre as recomendações que a população deve seguir estão procurar uma UBS para verificar sua situação vacinal e, se necessário, ser imunizado; e cumprir eventuais ações de bloqueio determinadas pelo serviço de saúde.

Todas as pessoas com idade entre seis meses e 49 anos devem se vacinar contra o sarampo. O tempo de ativação imunológica da vacina é de 15 (quinze) dias. O sarampo é uma doença infecciosa grave, que pode levar à morte. É altamente contagioso e, um único doente, pode transmitir a doença para até 18 pessoas. A transmissão ocorre pelo ar, quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas.

Horário ampliado de vacinação

Para intensificar a vacinação, atendendo à população de todas as regiões do município, a Secretaria de Saúde de Joinville estendeu os horários de atendimento de 18 Unidades Básicas de Saúde (UBS), durante esta semana. Neste sábado e domingo (9 e 10/11), haverá também vacinação no shopping Cidade das Flores, das 14h às 21h.

Confira a relação das Unidades Básicas de Saúde (UBS) com horário de atendimento ampliado durante esta semana:

DISTRITO CENTRO – Segunda a sexta-feira

UBSF Bucarein (Bucarein) - até 21h

UBS Bakitas (Boa Vista) - até 20h30

UBSF Dom Gregório (Jardim Iririú) - até 20h

UBSF Moinho dos Ventos (Espinheiros) – até 21h

UBS Parque Joinville (Aventureiro) - até 21h

DISTRITO NORTE – Segunda a sexta-feira – Salas de vacina das 7h às 19h

UBSF Nova Brasília

UBSF São Marcos

UBSF Pirabeiraba

UBSF Costa e Silva

UBSF Parque Douat (Costa e Silva)

UBSF Vila Nova

UBSF Vila Nova 1

UBSF Morro do Meio

DISTRITO SUL – Segunda a sexta-feira:

UBSF Floresta – até 22h

UBSF Bohemerwald – até 21h

UBSF Itinga – até 19h

UBSF Km4 (bairro Santa Catarina) – segundas, quartas e sextas-feiras – até 19h

Atendimento no sábado e domingo, para toda a comunidade:

UBSF Bucarein – das 9h às 18h

Shopping Cidade das Flores - das 14h às 21h (2º piso)

Leia as últimas notícias de Joinville e região.

Deixe seu comentário:

publicidade