nsc

publicidade

Investigação

Proprietário de avião desaparecido em Três Barras presta depoimento à polícia

Ele havia acionado a Polícia Militar, mas não registrou boletim de ocorrência

29/03/2018 - 06h41 - Atualizada em: 29/03/2018 - 08h16

Compartilhe

Por Redação NSC
Aeronave que sumiu tem o mesmo modelo, EMB 712, da marca Neiva, como esta da foto
Aeronave que sumiu tem o mesmo modelo, EMB 712, da marca Neiva, como esta da foto
(Foto: )

O proprietário do avião de pequeno porte desaparecido em Três Barras, no Planalto Norte de Santa Catarina, prestou depoimento à Polícia Civil. A aeronave sumiu no aeroporto do município no último dia 15. Ela teria pousado às 7h30 transportando um empresário do Rio Grande do Sul.

O empresário havia acionado a Polícia Militar, mas segundo a investigação, não registrou boletim de ocorrência e não tinha colaborado ainda com informações sobre o desaparecimento. Nesta quarta-feira, ele apareceu para falar com a polícia.

Acompanhando do filho, ele disse que pousou o avião no dia 13 de março vindo do Rio Grande do Sul. No mesmo dia, voltou para o Estado vizinho de carona com um conhecido de carro. No dia 15, voltou com outra aeronave particular e deu por falta do avião que estaria em Três Barras. O empresário já acionou o seguro da aeronave.

O caso é tido como inusitado pela Polícia Civil de Canoinhas, que investiga o que aconteceu com o avião - modelo EMB 712 da marca Neiva. O delegado Flávio Lima, que está a frente das apurações, vai continuar investigando o caso.

A informação foi trazida pela Rádio Globo Joinville nesta quinta-feira.

Deixe seu comentário:

publicidade