nsc
hora_de_sc

publicidade

Torneiras secas

Queima de geradores compromete abastecimento de água na Grande Florianópolis 

Troca do equipamento está sendo realizada neste domingo (13). População deve se limitar ao uso essencial de água, alerta Casan

13/10/2019 - 14h44 - Atualizada em: 13/10/2019 - 21h00

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
(Foto: )

Os dois geradores que estavam sendo utilizados desde julho quando começou a pior estiagem da história da Grande Florianópolis queimaram entre a tarde de sábado (12) e a madrugada deste domingo (13). Os equipamentos estão localizados na Unidade de Captação do Rio Cubatão, responsável pelo abastecimento de 40% do abastecimento da região. A causa da pane, de acordo Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), foi a combinação das altas temperaturas ao uso permanente do equipamento.

A Casan informou que os dois equipamentos foram substituídos por volta do meio-dia deste domingo, mas a operação de conserto exigiu desligamento parcial do Sistema, o que prejudica ainda mais o abastecimento da Região Metropolitana, que está enfrentando sérias dificuldades devido à estiagem que não cede. O abastecimento foi retomado após a troca dos geradores e, gradativamente, a Casan acredita que a situação seja normalizada até o fim deste domingo.

A companhia pede que a população de toda a Região Metropolitana se limite ao uso essencial de água, também porque o Rio Pilões, o outro manancial que abastece a Grande Florianópolis, está cada vez mais raso. Neste domingo está sendo utilizada apenas 30% da capacidade habitual de captação no Pilões, a menor já registrada até hoje pela Companhia.

Deixe seu comentário:

publicidade