nsc
dc

Laura Coutinho

Raio gourmetizador: a vez dos destilados artesanais como cachaça e gim

05/04/2017 - 06h49

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

Por Cristiano Santos (interino)

cristiano.santos@diariocatarinense.com.br

A gastronomia ganhou contornos tão fortes na última década que se tornou um mercado em profusão criativa. No setor de bebidas, Santa Catarina viveu um boom das cervejas artesanais como em nenhum outro estado.

Com tantas novidades, ficamos curiosos para saber qual será a nova febre. Qual área vai passar pela famosa gourmetização e ganhar visibilidade de especialistas e milhões de fotos no Instagram?

Há um apontamento, via reportagens em publicações especializadas, de que a destilaria nacional, que já é uma realidade há anos, tomará ainda mais o paladar do brasileiro nos próximos meses.

Uma dessas bebidas é o gim, que anda com status de líquido precioso em drinques elaborados. A cachaça também está no radar. Por aqui, temos os tradicionais alambiques, muitos deles artesanais, instalados nas charmosas cidades do Vale do Itajaí. Na carona, alguns espertos estão se especializando como sommelier de cachaça, o cachacier.

Leia também:

Bailarino catarinense, Ramon Noro vai excursionar por capitais brasileiras com projeto de dança inclusiva

Cosmopolita, Balneário Camboriú poderia abrigar uma filial de um museu internacional

Colunistas