Os candidatos a prefeito de Florianópolis deixaram para última hora o registro das chapas na Justiça Eleitoral. Dos seis candidatos majoritários, apenas o PSTU se adiantou e registrou as candidaturas do partido durante a semana, inclusive da chapa principal, que terá Gilmar Salgado como candidato a prefeito e Diogo Leal como vice.

Continua depois da publicidade

Ontem, no último dia do prazo, Angela Albino (PC do B), que terá Nildomar Freire (PT) como candidato a vice, foi a primeira a fazer o registro no cartório eleitoral. As candidaturas a vereador terão duas chapas: uma com 46 nomes (PC do B, PR, PRP, PRB e PT do B) e outra com 29 nomes, do PT em chapa pura.

Os outros quatro candidatos deixaram para confirmar o registro nas últimas horas. Pouco antes das 18 horas, a coligação de César Souza Júnior (PSD) e João Amin (PP) fez o registro, tanto na majoritária, como na proporcional. Para vereador, decidiu-se sair em quatro blocos: PP e PSD, PSDB em chapa pura, PSB e PSDC e DEM e PSC.

O PMDB, de Gean Loureiro e Rodolfo Pinto da Luz, também optou por entregar todos os registros de uma só vez e no final da tarde de ontem agilizava os últimos documentos. Três chapas de candidatos a vereador integram a coligação de Gean: uma formada por PMDB e PHS, uma formada por PV, PDT e PPS e a terceira por PTB, PTC, PMN, PSL e PTN.

Continua depois da publicidade

O PSOL fez o registro das candidaturas por voltadas 18h20min, confirmando os nomes de Elson Pereira e Alberi Adriano como candidatos a prefeito e vice. O partido fechou ainda coligação com o PCB e sairá com 21 candidatos na proporcional. O PPL foi outro partido que optou por fazer o registro nas últimas horas do prazo. O partido confirmou a candidatura em chapa pura, com Janaina Deitos e Luiz Gonzaga Vieira, além de três candidatos a vereador.

Pela manhã, o clima era de apreensão nos corredores do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SC), já que às 9h da manhã apenas 5% das candidaturas havia sido registrada.

Destaques do NSC Total