nsc

publicidade

ENSINO SUPERIOR 

Relatório aponta UFSC como nona universidade com mais publicações científicas no Brasil 

Publicação feita pela empresa Clarivate Analytcs e divulgado pelo Jornal da Universidade de São Paulo (USP) mostra que instituição catarinense publicou 9,1 mil trabalhos de 2013 a 2018 

06/09/2019 - 22h38

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Universidade vive momento turbulento com cortes de recursos pelo MEC
Universidade vive momento turbulento com cortes de recursos pelo MEC

Um relatório feito da empresa de análise de pesquisa científica Clarivate Analytcs e divulgado pelo Jornal da Universidade de São Paulo (USP) cita a Universidade de Santa Catarina (UFSC) como a nona instituição que mais produz ciência no país.

A publicação divulgada na quinta-feira aponta ainda que 60% de toda a produção de ciência no país é proveniente de 15 instituições, todas universidades públicas, incluindo a UFSC. Os dados foram apurados entre 2013 e 2018. USP, Universidade Estadual Paulista (Unesp) e Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) lideram a lista no país, com mais de 100 mil publicações.

Na relação divulgada pela publicação, a UFSC aparece em nono lugar com 9,1 mil trabalhos publicados nesse período. As áreas de Ciências da Saúde (2.473) e de Ciências Exatas e da Natureza (2.468) foram as que mais tiveram publicações da instituição catarinense.

Produção científica do país cresceu

O relatório também aponta que nesses seis anos analisados, a produção científica brasileira cresceu 30%, o dobro da média mundial, que foi de 15%. O desempenho elevou o Brasil à 13ª colocação no ranking de países que mais produzem ciência no mundo, em número de trabalhos publicados, segundo o relatório da empresa.

A publicação ainda traz dados como o crescimento da relação entre universidades e iniciativa privada, que desde 2000 aumentou em todos os anos, com exceção de 2011. No caso da UFSC,

Confira a íntegra da publicação sobre a pesquisa.

Acesse as últimas notícias do NSC Total

Deixe seu comentário:

publicidade